*
 
 

A inauguração oficial da mostra que homenageia o centenário de Ingmar Bergman movimentou o Cine Brasília nesta quarta-feira (14/6). O evento contou com a presença do embaixador da Suécia  Per-Arne Hjelmborn; da ex-diretora do Instituto Bergman, Helen Beltrame-Linné, além de membros do corpo diplomático, políticos e fãs do cineasta.

“É um prazer e uma honra inaugurar a Mostra de Cinema Ingmar Bergman por ocasião dos 100 anos de seu nascimento. O cineasta é o sueco mais conhecido no Brasil e no mundo. Considerado uma das figuras mais importante do cinema, Bergman trouxe profundidade psicológica para sua arte e produziu 60 filmes durante 7 décadas”, falou o embaixador.

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Embaixada da Suécia homenageia centenário de Ingmar Bergman

 

Uma das organizadoras do festival é Helen Beltrame-Linné. A paulista se apaixonou pela arte do cineasta quando viu Morangos Silvestres, aos 17 anos. Ela comprou uma passagem para a Suécia e um ingresso para uma peça de Bergman. Em seguida, Helen alugou uma casa na Ilha de Faro, onde o cineasta morou durante 40 anos e acabou se envolvendo com o legado dele atuando como diretora da Fundação Bergman.

“Bergman tinha um universo próprio e uma linguagem que era só dele, conseguindo falar do drama do ser humano aplicado a vários tipos de pessoas. Acredito que todo mundo tem um Bergman para chamar de seu”, analisa Helen.

Ele também era conhecido pelos casamentos e casos amorosos, em especial com Liv Ullmann. Helen explica que Bergman mantinha um encantamento com as mulheres. “Ele olhava para uma atriz e costumava falar: é você!! Todas se apaixonavam pela intensidade dele, mas os relacionamentos não duravam”.

Depois do coquetel os convidados seguiram para a exibição do filme Persona. Confira os cliques:

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Helen Beltrame-Linné

 

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Alessandro Amadio, Veljko Lazic, Olena Terentieva e David Solomonia

 

Vinícius Santa Rosa/ Metrópoles

Maria Leissner

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Per-Arne Hjelmborn e Claudia Meireles

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Embaixada da Suécia comemora 100 anos de Ingmar Bergman

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Fábio J. Simeón Gonzales e Alessandro Amadio

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Carolina-Augusta Neumann

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Fernando Villalonga e Júlio Armando Martini Herrera

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

General Wolski e General Braga

 

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Renata Sampaio e Gioreley Rios

 



cine brasíliasociedadeingmar bergmanembaixada da suécia
 


COMENTE

Ler mais do blog