Dia dos Namorados: casais de Brasília compartilham suas histórias

Saiba o que eles mais gostam de fazer juntos, além de seus destinos, restaurantes e músicas favoritos

Vinícius Santa Rosa/MetrópolesVinícius Santa Rosa/Metrópoles

atualizado 12/06/2019 14:12

O amor está no ar! Nesta quarta-feira (12/06/2019), celebramos o Dia dos Namorados. Em homenagem à data mais romântica do ano, o Metrópoles elegeu seis casais queridinhos de Brasília para compartilharem suas histórias. Ficou curioso?

Confira:

Eduardo Mujica e Giovanna Adriano

Reprodução/Instagram

Eduardo Mujica é dono da produtora de eventos Manifesto Lab, nome também atribuído ao seu espaço coworking, situado na Asa Norte. Giovanna Adriano é estudante de direito, faz estágio na área, mas não deixa de lado sua conta no Instagram com quase 50 mil seguidores. O casal se formou há pouco tempo, mas já entrou para o gosto dos brasilienses.

O que vocês mais gostam de fazer juntos?
Só de estar um com o outro já é muito positivo. Nós trabalhamos o dia todo e não conseguimos nos ver durante a semana, somente na academia. Sem dúvidas, o que mais gostamos de fazer é viajar e sempre tentamos curtir as pessoas que estão com a gente.

Onde vocês se conheceram e como foi o pedido de namoro?
Foi algo bem intimista. Nós estávamos no The Room, que foi onde a gente se conheceu, e o momento estava ótimo. Então as estrelas se alinharam para tudo acontecer.

Qual é a música que resume o casal?

O que o Eduardo mais gosta na Giovanna?
Da positividade dela. Ela não tem dia ruim. Sempre te coloca para cima, te anima. É surreal o tanto que eu me sinto bem perto dela.

Qual é o restaurante favorito do casal?
Nós vamos bastante no El Paso Texas. Lá tem uma frozen margarita maravilhosa e a gente também costuma comer o guacamole.

Qual destino mais marcou o namoro?
Já fomos para Trancoso, Rio, São Paulo, mas o melhor foi o Atacama. É surreal aquele lugar. A cada cinco quilômetros, há um ambiente diferente. A vibe do deserto é muito diferente da nossa realidade. Você fica desconectado da internet e acaba aproveitando bem o momento.

 

Ricardo Lucas e Luiddy Martins

Divulgação

Aos 33 anos, Ricardo Lucas é proprietário da boate brasiliense Victoria Haus. O ativista LGBT é casado com Luiddy Martins, 27 anos, psicólogo e empresário (proprietário do Lah Bar, na 413 sul).

O que vocês mais gostam de fazer juntos?
A gente adora tomar açaí, comer uma jantinha na rua… Nossos programas são bem simples. Os momentos em que estamos com o Felipe (filho do Luiddy) são sempre especiais e cheios de amor, como deve ser.

Onde vocês se conheceram e como foi o pedido de namoro?
Nos conhecemos na Victoria Haus, na primeira vez que o Luiddy foi à boate. Eu estava trabalhando no caixa e logo ele me chamou atenção. Depois que a fila acabou, fui procurá-lo dentro da casa (risos). Nos apaixonamos à primeira vista, pois ele também havia falado de mim para os amigos que estavam com ele. Mesmo morando em cidades diferentes, em 10 dias, nos vimos nove. Um mês depois, já estávamos namorando. Durante cinco meses, mantivemos o relacionamento à distância, até que nos casamos e Luiddy veio morar em Brasília.

Qual é a música que resume o casal?

O que um mais gosta no outro?
Ricardo
: gosto das covinhas do Luiddy e de como ele consegue buscar a perfeição em tudo que deseja, ser atencioso aos pequenos detalhes.
Luiddy: gosto do sorriso do Ricardo e admiro a capacidade do Ricardo de fazer as coisas acontecerem.

Qual é o restaurante favorito do casal?
A gente ama dividir uma sobremesa na Stonia Ice Creamland

Qual destino mais marcou o namoro?
Ricardo conhece 63 países e, juntos, já viajamos para 16 e diversas cidades. Sem dúvidas, a que mais marcou foi a viagem à Nova Zelândia, pela exuberância e diversidade de paisagens que visitamos: lagos, praias, fiordes, montanhas, picos nevados, vulcão…

 

Miguel Pantazis e Bruna Beltrão

Hugo Barreto

Miguel Pantazis divide a rotina entre o trabalho, viagens, festas e atividades físicas. Junto aos três irmãos, Rafael, Gabriel e Georges, o empresário administra uma rede de academias e é um dos sócios da produtora de festas Restritto. Uma ponte aérea marca o namoro de Miguel e Bruna Beltrão, que mora atualmente em João Pessoa.

O que vocês mais gostam de fazer juntos?
Gostamos de fazer qualquer coisa juntos, mas um jantar e um bom vinho sempre caem bem.

Onde vocês se conheceram e como foi o pedido de namoro?
Nos conhecemos na G.O.P. (festa que aconteceu na sexta-feira pré Surreal). O pedido foi em um dos finais de semana seguintes e aconteceu de uma maneira muito especial.

Qual é a música que resume o casal?

O que um mais gosta no outro?
Somos muito parecidos: a forma de pensar, os gostos, mas além disso a admiração foi o que nos aproximou ainda mais. Foi saber que cada um tinha muito mais a mostrar por dentro do que por fora.

Qual é o restaurante favorito do casal?
A’Mano.

Qual destino mais marcou?
Como moramos longe um do outro, para nos vermos precisamos sempre viajar. Mas, nas férias, teremos tempo para irmos juntos um pouco mais longe.

 

Jú Marques e Léo Bosque

Foto: Monjardim Noleto

Juliana Marques e o estatístico Leonardo Bosque ficaram noivos em setembro de 2018 e subirão ao altar no próximo dia 22/06/2019. A advogada também é influenciadora digital: atua no Instagram e publica vídeos no YouTube.

O que vocês mais gostam de fazer juntos?
Amamos a companhia um do outro. Seja ver um filme, cozinhar ou simplesmente não fazer nada: o importante para o casal é estar coladinho! De vez em quando, elaboramos criativos piqueniques à beira do lago.

Onde vocês se conheceram?
Namoramos há um ano e meio, mas nos conhecemos em julho de 2008, quando fizemos uma viagem de excursão à Disney. A Jú tem sido o meu “crush secreto” nestes últimos 11 anos (não tão secreto assim, pois minha irmã e amigos mais próximos sempre souberam disso). Sempre fui apaixonado pela personalidade da Jú e sua beleza me tirou o ar desde a primeira vez que a vi, na Embaixada dos Estados Unidos, meses antes de embarcarmos na viagem para a Disney. Ela parecia um anjo.

Como foi o pedido de casamento?
Foi disfarçado de uma comemoração de seis meses de relacionamento. Na ocasião, eu preparei uma caça ao tesouro nos lugares da cidade mais especiais para nós. Em cada local, ela recebeu um presente simbólico e uma carta que explicava o seu significado e indicava a próxima parada. Até então, a Jú havia aberto todos os presentes sozinha, mas havia um último presente que eu gostaria de dar pessoalmente. O último lugar da caça ao tesouro foi, então, às margens do Lago Paranoá, onde eu pedi a mão dela em casamento.

O que vocês mais admiram um no outro?
Leonardo:
seu relacionamento com Deus, pois traz uma leveza impressionante para encarar a vida. Ela sempre tenta enxergar o melhor das pessoas e é otimista em situações adversas. Também sou apaixonado pela doçura dela. Juliana sempre possui um sorriso no rosto independentemente das circunstâncias.
Juliana: Léo tem o dom da alegria. Ele está sempre com um sorriso contagiante e é capaz de arrancar muitas gargalhadas de quem estiver por perto. Ele tem o maior coração que conheço. É generoso, está sempre disposto a ajudar e a nos levar a sonhar mais alto. Ele não só me apoia no meu relacionamento com Deus como segura minhas mãos e me leva a um outro nível de intimidade com o Espírito Santo. O Léo descomplica qualquer desafio que apareça.

Qual é a música que resume o casal?

Qual é o restaurante favorito do casal?
O Kawa.

Qual destino mais marcou?
O Líbano, quando fomos ao casamento de uma grande amiga da Jú. Passamos as 14 horas do voo SP-Dubai conversando na ida e na volta. A viagem foi uma oportunidade maravilhosa para termos muito tempo de qualidade juntos e nos conhecermos ainda mais. A viagem para Califórnia com as nossas duas famílias também foi marcante. Estávamos com nossos pais e nossos irmãos e durou quase um mês. Incrível.

 

Maria Victória Venâncio e Thiago Carlos

Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

A bela Maria Victória Venâncio é estudante da Escola Americana de Brasília e filha da joalheira Benigna Venâncio, que encanta o público brasiliense pelas joias clássicas e delicadas. Atualmente, Thiago Carlos mora em Londres, na Inglaterra, mas faz o possível para encontrar a amada em diferentes lugares do mundo. O namoro à distância resultou em um relacionamento mais saudoso e cheio de carinho.

O que vocês mais gostam de fazer juntos?
Gostamos de sair para jantar. Eu sempre brinco com ela que somos gordinhos por causa disso, inclusive virou um apelido nosso. Como estamos longe muitas vezes, passamos também muito tempo só nós dois, para poder aproveitar ao máximo. Netflix faz parte da nossa rotina, mas ela não sabe escolher os filmes, então tenho sempre que fazer isso (risos). Por último, somos um casal bastante animado. Sempre que tem uma festa boa nós vamos curtir. Eu, ela e nossos amigos.

Onde vocês se conheceram?
A gente se conhece desde a época da Escola Americana, mas era só por nome. Aí, em uma festa, ele me puxou, a gente conversou e acabamos ficando. Ficamos nesse rolo por muito tempo e, depois de um tempo, ele me chamou para a casa dele para ver um jogo. Quando descemos para jantar, ele me pediu em namoro.

O que vocês mais admiram um no outro?
Maria Victória:
honestamente, tudo. Mas se for pra citar uma coisa, é, com certeza, a alegria que ele tem. Poucas vezes o vi triste, para baixo… Ele sempre está sorrindo, alegre, e isso faz a companhia dele ser a melhor do mundo.
Thiago: sou suspeito para falar, mas sou apaixonado pelo sorriso dela. Sempre que ela me abre um sorrisão, significa muito pra mim.

Qual é a música que resume o casal?

Qual é o restaurante favorito do casal?
O Novikov, em Londres. Mas o que mais frequentamos é o Soho, em Brasília.

Qual destino mais marcou?
Maria Victória:
todas as viagens foram muito especiais. Cada uma com uma história diferente. Mas a que mais me marcou foi Mykonos. Foi quando eu percebi que a gente daria certo e que eu não queria mais ficar sem ele.
Thiago: já viajamos para muitos lugares bonitos. Cada viagem tem uma história especial por trás, mas a mais marcante para mim foi a primeira vez que fomos para a Chapada juntos, porque foi quando vi que não conseguia mais me ver sem ela.

 

Sofia Peixoto e Léo Lynce Araújo

Foto: JP Rodrigues/ Metrópoles

Sofia e Léo possuem algo em comum: enquanto a arquiteta administra o espaço colaborativo Nube Hub e a pâtisserie Nube Café, junto às irmãs, Julia e Joana Wanderley Peixoto, o engenheiro da computação gerencia o Bolo da Ivone, uma das empresas de doces mais tradicionais da cidade, ao lado das irmãs Raissa e Mayla.

O que vocês mais gostam de fazer juntos?

Ver filmes, ir a barzinhos, sair para jantar, festas de vez em quando e viajar.

Onde vocês se conheceram e como foi o pedido de namoro?

Nos conhecemos há mais de 10 anos, mas nos reencontramos em uma viagem para o casamento de uns amigos na Colômbia. Começamos a ficar e, um dia, o Léo me levou na Dom Romano e me pediu em namoro com um buquê de flores.

Qual é a música que resume o casal?

Não há uma música específica que marca o namoro.

O que um mais gosta no outro?

O companheirismo, o carinho e o respeito pela individualidade.

Qual é o restaurante favorito do casal?

Não temos um favorito. A gente adora variar. A pizzaria Dom Romano é onde mais fomos até hoje, mas comida árabe é a nossa favorita.

Qual destino mais marcou?

Cartagena, onde começamos a ficar.

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias