Com 10 faixas de miss, Marissol Savagin conta truques para vencer concursos

“Uma miss é um conjunto de qualidades, ser bonita não é suficiente”, diz Marissol. A Miss Brasil 2020 será revelada nesta quarta-feira

atualizado 20/08/2020 16:52

Marissol Savagin @marissolsavagin/Reprodução/Instagram

Uma linda mulher está prestes a ser coroada Miss Brasil 2020 e representar o país de origem no próximo Miss Universo. O nome da beldade será revelado nesta quinta-feira (20/8), a partir das 20h, em transmissão realizada via YouTube. Como diversos outros concursos de beleza, a tradicional competição verde-amarela também precisou passar por mudanças por conta da pandemia.

Em períodos normais, os brasileiros assistiriam ao vivo aos desfiles das misses estaduais e as etapas de eliminação até chegar a grande campeã. Desta vez, nada de plateia nem passarela. O veredito já foi definido pelos jurados e a passagem da faixa, gravada. No icônico momento da coroação, houve somente a vencedora do Miss Brasil 2020 e a Miss Brasil 2019, a mineira Júlia Horta.

Embora o concurso para eleger a mulher mais bonita do Brasil tenha somente 20 candidatas, milhares de meninas e jovens cultivam o sonho de conquistar o título. Para saber o que impulsiona tantas personalidades rumo ao objetivo, a coluna Claudia Meireles conversou com a ex-Miss São Paulo Marissol Savagin. A beldade coleciona coroas e faixas. Ao todo, são 10 títulos.

Marissol Savagin - Miss São Paulo 2008
“Uma vez miss, sempre miss”, afirma Marissol

Como em um enredo de novela, o desejo de tornar-se miss aflorou na paulista ao assistir a primeira competição de beleza. “Uma sensação que veio de dentro de mim: eu queria ser miss. Comecei toda a saga. Busquei concursos, estudei e me capacitei. Fui atrás de saber como as ganhadoras faziam para estarem preparadas”, recorda Marissol.

No primeiro momento, a paulista percebeu que não trilharia um caminho fácil até alcançar o propósito. Ao descobrir ter um dom nas mãos, a palavra confiança a norteou na caminhada até conseguir a realização pessoal e profissional. “Bastava que eu fosse forte, perseverante e buscasse me aprimorar”, sustenta a ex-miss SP sobre o maior aprendizado obtido na carreira desde o primeiro concurso: “Levo até hoje na minha vida”.

Em 2006, Marissol ganhou o primeiro concurso, Miss Capivari, sua cidade-natal. O título funcionou como uma força motriz: “Um grande aprendizado. Tudo na base da curiosidade e da vontade vencer. Lá, entendi que poderia voar mais alto”, relembra. Ela aconselha as aspirantes à miss a acreditarem, desde o início, que são capazes de sobressair perante as demais. “Foi assim comigo”, garante.

Marissol Savagin
Coroa e faixa da primeira vitória como Miss Capivari

Após a primeira coroa, a jovem participou de dezenas de outras competições de beleza até 2009. Nesse período, enfrentou inúmeros obstáculos, sendo o maior a insegurança. Também não foi fácil dispor de recursos financeiros para participar das provas e ter de lidar com o assédio às candidatas, explica a beldade.

Segundo Marissol, o segredo das vitórias está em nunca ter abaixado a cabeça e, claro, seguido em frente independentemente das dificuldades: “Até vencer, você precisa de muita força, cercar-se de pessoas que confie e de muita vontade de realizar o sonho. Em qualquer área, temos que lutar e nos preparar, só assim conseguimos conquistar o que almejamos”. Contar com apoio da família e amigos também a ajudou em não prender-se aos medos.

Marissol Savagin
A beldade é inspiração de jovens que desejam também somar 10 faixas de miss

Da coleção de 10 títulos, o mais surpreendente foi o Miss São Paulo Globo 2008, lembra Marissol: “Uma sensação inesquecível. Uma vontade imensa que tinha”. Poder desfilar com a faixa paulista não ocorreu por acaso. A beldade insistiu na preparação pessoal, feita sozinha. Às aprendizes, há um conjunto de características que todas misses devem dotar, de acordo com a personalidade. São elas:

“Ser miss é ter o melhor conjunto de carisma, simpatia e educação; desenvoltura na passarela e dicção; e envolvimento em causas sociais. Podemos aprimorar essas habilidades no dia a dia e procurar locais que preparam ainda mais aos concursos”, orienta Marissol Savagin. No entanto, as “novatas” precisam encantar com suas particularidades.

Marissol explica que todas as mulheres são e podem ser lindas. Em um concurso de beleza, porém, a mais preparada leva a coroa. Em seu ponto de vista, as competições recentes confirmam a teoria. “Uma miss é um conjunto de qualidades, ser bonita não é suficiente”, ressalta.

Marissol Savagin
A personalidade atua como modelo

Nas competências de miss, a paulista viu a oportunidade de tornar-se um ser humano melhor. Engajar-se em causas sociais foi um divisor de águas na vida de Marissol: “Depois que aprendi sobre ser voluntária, resolvi carregar essa ação para toda a minha vida”. Dentre os outros frutos do ofício, estão postura e porte, modos que nunca mais esqueceu. “Uma vez miss, sempre miss”, entrega.

Atualmente, Marissol é inspiração a meninas e jovens rumo ao sonho da faixa. Mas, quando estava no papel de aspirante, o posto era ocupado pelas campeãs de concursos internacionais. Liderava a lista da jovem paulista a Miss Universo 2006, Zuleyka Rivera, que continua como referência à ex-miss SP por ser uma mulher forte.

Depois de acumular as 10 faixas, Marissol resolveu continuar com as poses e carões, mas fora das fronteiras brasileiras, como modelo internacional: “Sempre gostei da faixa e a coroa! Era um orgulho conquistar cada uma! Ao mesmo tempo, no mundo da moda, conquistava mais trabalhos como modelo”. Atualmente, ela vive na Cidade do México. No Instagram, rede social em que soma mais de 330 mil seguidores, a paulista publica cliques de ensaios, viagens, looks, rotina fitness e dicas de beleza.

Marissol Savagin
Marissol deixa os admiradores com vontade de viajar com seus registros de turista
Marissol Savagin
Cliques de editoriais estampam o feed de Marissol
Marissol Savagin
A modelo compartilha dicas de beleza no perfil do Instagram
Marissol Savagin
Para manter a boa forma, ela pratica atividade física

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias