Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Barraco na Flórida: vizinhos de Trump tentam barrá-lo de morar em Mar-a-Lago

A chegada do ex-presidente no local mal completou uma semana e alguns moradores do clube já estão se manifestando. Entenda!

atualizado 26/01/2021 15:44

Donald e Melania Trump Al Drago/Getty Images

Após quatro anos ocupando a Casa Branca, em Washington, Donald Trump e sua família desembarcaram em Mar-a-Lago, resort de luxo situado em Palm Beach do qual o ex-presidente dos Estados Unidos é proprietário e, supostamente, pretende morar em tempo integral.

Todavia, sua chegada no local mal completou uma semana e alguns moradores do clube já estão se manifestando acerca de um acordo que ele fez com a cidade, em 1993, de que a propriedade não seria destinada à moradia permanente, embora seu apartamento esteja sendo reformado e Melania Trump esteja procurando uma escola para seu filho de 14 anos, Barron Trump. Em 2019, o ex-presidente transferiu sua residência da Trump Tower em Nova York para o resort na Flórida.

Mar-a-Lago
Mar-a-Lago é um clube exclusivo para sócios

Segundo a imprensa americana, um advogado que representa uma família da região enviou uma carta à cidade de Palm Beach e ao Serviço Secreto dos Estados Unidos reiterando que “Mar-a-Lago é um clube social, e ninguém pode residir na propriedade.”

“Palm Beach tem muitas propriedades lindas à venda”, escreveu o jurista. “Certamente, ele pode encontrar uma que atenda às suas necessidades”, sugeriu.

Mar-a-Lago
Para se hospedar no empreendimento, é preciso desembolsar pelo menos 1.900 euros a diária

Mar-a-Lago já hospedou a socialite americana Marjorie Merriweather Post até 1985, quando Donald Trump comprou o imóvel e o transformou em um empreendimento exclusivo. Entretanto, há um protocolo que limita a quantidade de dias de hospedagem. Trump não pode morar no clube por mais de três semanas não consecutivas em um ano.

Donald Trump
Donald Trump

A regra, no entanto, teve suas exceções durante o mandato de presidente dos Estados Unidos. Por mais que os moradores do resort pareçam amigáveis ao ex-presidente – muitos votaram em Trump na esperança de reduzir os impostos e aumentar o mercado de ações –, eles entendem que o político conseguiu burlar o regulamento de Mar-a-Lago devido ao seu cargo.

“É um circo lá há quatro anos e eles estão fartos disso”, disse um residente à CNN.

“Lugar triste”

No último sábado (23/1), Laurence Leamer, autor do livro Mar-a-Lago: Dentro dos Portões do Poder no Palácio Presidencial de Donald Trump, afirmou ao MSNBC que o clima do clube se tornou “desanimador” desde que Trump se mudou. Segundo o escritor, muitas pessoas saíram de lá porque não querem mais ter qualquer ligação com ele ou estão insatisfeitas com a possibilidade de ele morar no empreendimento em tempo integral. “Mesmo aqui, as pessoas não gostam dele”, garantiu.

Mar-a-Lago
Antes de se tornar presidente, Donald Trump transformou o Mar-a-Lago em um hotel cinco estrelas

Outra intriga levantada por Leamer ao jornal é a de que, desde que a propriedade perdeu o prestígio do presidente em exercício, os frequentadores sentem que Mar-a-Lago não é mais como antes, e se tornou um lugar triste. Para piorar, durante a pandemia, não há entretenimento no local.

De acordo com o escritor, enquanto Trump estava no poder, havia gente que pagava até US$ 200 mil pela associação do clube, mas, agora, não continuarão mais pagando esse preço.

Mar-a-Lago
Vários aspectos fazem da construção um local de muito luxo e pompa
Terceiro código postal mais rico do país

Existem 128 quartos na propriedade e cerca de 500 sócios, que, além da tarifa de adesão, precisam pagar uma taxa anual de US$ 14 mil e, pelo menos, US$ 2 mil para refeições. Os membros, contudo, têm acesso às piscinas, praias, refeitórios, salas privadas, quadras de tênis, gramados de croquete, entre outros espaços.

Segundo dados da Bloomberg, a renda bruta média ajustada da área foi de US$ 1,37 milhão, tornando-a o terceiro código postal mais rico do país, atrás do Vale do Silício, na Califórnia, e da ilha particular em Miami Fisher Island.

Mar-a-Lago é rodeado de mansões milionárias, lojas de luxo e restaurantes dirigidos por chefs com estrelas Michelin. Isso sem falar dos carros caríssimos e das quilométricas praias particulares.

Mar-a-Lago
Mar-a-Lago

Em 1985, Trump comprou a propriedade Mar-a-Lago de 20 acres por US$ 8 milhões. O resort já ganhou muitas manchetes durante seu mandato, pois já hospedou o primeiro-ministro do Japão e até sediou uma festa de Ano-Novo.

“Lugar entediante”

O apresentador Jimmy Kimmel disse no The Bill Simmons Podcast, do The Ringer, na última semana, que visitou o resort pouco antes de Donald Trump virar presidente e se referiu ao lugar como algo cômico. “Todo mundo lá tem 100 anos”, falou.

Kimmel também descreveu os membros de Mar-a-Lago como “pessoas curvadas que estão comendo alimentos moles” e comentou que o lugar está coberto de fotos de Trump.

Jimmy Kimmel
Apresentador Jimmy Kimmel
Presidente aposentado

No primeiro fim de semana como ex-presidente, Donald Trump foi visto jogando golfe (seu passatempo favorito) no International Golf Club, em West Palm Beach, após a data marcada para seu julgamento de impeachment, que começará na semana de 8 de fevereiro.

Torcedores e apoiadores se concentraram do lado de fora de Mar-a-Lago para assisti-lo e aplaudi-lo. Alguns chegaram a erguer bandeiras americanas ou cartazes com as frases “Ainda é meu presidente” e “Trump Won!”. Ele, que usava seu boné vermelho da campanha Make America Great Again, acenava de volta.

Assista ao vídeo:

Protestos contra o ex-presidente

Também, no mesmo fim de semana, um avião foi flagrado voando perto de Mar-a-Lago com uma faixa que continha a frase “o pior presidente de todos os tempos”. Outra dizia: “Seu perdedor patético, volte para Moscou”. As informações são do TMZ.

Veja as fotos:

E o restante da família?

De acordo com a imprensa internacional, o restante do clã Trump está planejando um “êxodo em massa para o sul da Flórida”. O ex-presidente está procurando comprar uma propriedade em Palm Beach para ampliar seu clube de campo privado.

Donald Trump Jr. e a namorada Kimberly Guilfoyle compraram um imóvel em Júpiter, onde sua ex-mulher e cinco filhos moram na área. Tiffany, por sua vez, está de olho em uma casa em Miami.

Ivanka Trump e o marido, Jared Kushner, já compraram um terreno na Ilha Indian Creek.

Família Trump
Família Trump

Dentre os motivos pelos quais a trupe escolheu a Flórida, no lugar de Nova York, alguns especialistas apontam que a região não tem imposto de renda estadual; Trump tem raízes duradouras no local; e o estado se inclina para o conservador, o que pode ser um empate para a família, já que 51% de sua população votou em Donald Trump nas últimas eleições.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias