Autoridades prestigiam inauguração do Hospital Sírio-Libanês Brasília

O novo centro de saúde, localizado na 613 da Asa Sul, funcionará a partir de segunda-feira (18/2) com seis especialidades

atualizado 14/02/2019 22:31

JP Rodrigues/ Metrópoles

Brasília acaba de ganhar uma unidade do Hospital Sírio-Libanês, a quarta da rede e primeira fora do estado de São Paulo. A inauguração do centro médico foi realizada na manhã dessa quinta-feira (14/2), com discursos emocionados, na presença de médicos, ministros, políticos e jornalistas.

A presidente da Sociedade Beneficente de Senhoras, Marta Kehdi Schahin, o diretor-geral do Sírio-Libanês, Paulo Chapchap, e o diretor-geral do hospital em Brasília, Gustavo Fernandes, deram as boas-vindas e brindaram o lançamento do novo empreendimento.

“Hoje é um dia histórico para a nossa instituição. Há quase 100 anos, em 1921, um grupo de 27 senhoras da comunidade sírio-libanesa sonhou em retribuir a sociedade brasileira por sua receptividade com a fundação de um hospital que fosse aberto ao público”, lembrou Marta.

A ideia, segundo a presidente, é estender a qualidade do atendimento do hospital para a capital federal. “Este novo empreendimento contribuirá para a ampliação da assistência da saúde na Região Centro-Oeste, oferecendo atendimento humanizado e de excelência, marca da nossa instituição desde a fundação”, disse.

“Quase um século depois, tenho certeza de que nossas antecessoras se orgulhariam em ver uma semente por elas plantada germinada. O nosso propósito continua vivo, e o que nos move e nos comove é a vida. Obrigada, Brasília, pelo acolhimento e pelo reconhecimento. Que venham mais 100 anos de contribuição para a saúde de nosso país”, concluiu, emocionada.

Fernandes emocionou-se também ao lembrar a trajetória para que a expansão do hospital fosse realizada. “Em meados de 2011 foi inaugurada a primeira unidade fora de São Paulo, com o centro de oncologia. Essa área era operada por jovens médicos”, recordou. Na sequência vieram centro de radioterapia, centro de imagem e mais uma unidade para atendimento de pacientes com câncer, no Lago Sul. O que faltava, segundo o consenso geral dos diretores, era um hospital.

“Hoje pronto, o novo hospital é a realização do sonho de muitos e o começo de uma nova história a ser escrita na saúde do DF e do país”, disse, bastante emocionado.

JP Rodrigues/ Metrópoles
Gustavo Fernandes

O diretor-geral do Sírio-Libanês, Paulo Chapchap, ressaltou a determinação e o olhar visionário dos fundadores da empresa, com um forte senso de dever e responsabilidade com a sociedade brasileira. “Nesses 100 anos, o dever nos tem feito cada vez mais sensíveis às necessidades sociais da nossa gente, e o sonho tem nos dado coragem de crescer, conviver, compartilhar e contribuir para uma sociedade mais justa e fraterna.”

Com uma fala improvisada e descontraída, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, revelou-se um hipocondríaco e antigo paciente do Sírio-Libanês.

Barroso brincou ao dizer que a vinda do hospital acabará com a fama de que “a melhor medicina de Brasília é o aeroporto – uma injustiça com os médicos de Brasília. Aqui existem médicos altamente qualificados”, ressaltou o ministro.

Por fim, o ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), falou sobre o serviço da instituição, que atrai pacientes de todas as partes. “A empreitada de levar o Sírio-Libanês para fora de São Paulo é algo digno de orgulho. A iniciativa revela o espírito empreendedor desta instituição, que no passado e ainda hoje, por ação das fundadoras da Sociedade Beneficente de Senhoras, concretizou o sonho de construir um hospital de alto nível”, elogiou.

Confira os cliques:

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Marta Kehdi Schahin

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Juliana e Gustavo Fernandes

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Paulo Chapchap

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Tadeu Carneiro, Raul Calfat, Giovanni Cerri e Artur Katz

 

Alan Santos
José Antônio Dias Toffoli, Paulo Chapchap e Luís Roberto Barroso

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Dias Toffoli

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Luís Roberto Barroso

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Luiz Maksoud e Artur Katz

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Um brinde simbólico marcou a inauguração do hospital

 

Alan Santos
Marta se emocionou ao falar

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Paulo Chapchap

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Marilde Rosa de Freitas Torres

 

Alan Santos
Gustavo Fernandes

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Francisco de Assis Figueiredo

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
A Diretoria de Senhoras

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Dias Toffoli

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Francisco de Assis Figueiredo e Ismael Alexandrino

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Luciana Andrade

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Volney Vilela e Thiago Póvoa

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Fernanda Moura e Tatianny Araújo

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Brenda Gumz e Luíza Dib

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Karolina e Rodrigo Medeiros

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Jairo de Barros Filho e Brenda Gumz

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Juliana França da Mata e Maria Beatriz Fernandes

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Istênio Pascoal, Aécio Pola, Maria Beatriz Fernandes e Jonathan Vita

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Igor Morbeck e Elen Sousa

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Lucas Nova, Lúcio Rossini, Matheus Franco e Thicianie Fauve

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Humberto Fonseca e Cláudio Abrantes

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Calil Abrão, Lidia Corrêa, Miriam e Samir Hajar

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Fernando Torelly

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Graziela Maria e Muryel de Freitas

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Andréa Carreira e Gleice Dourado

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Kelly Ildefonso e José Roberto Araújo

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Júlio Neto e Ana Ferraz

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Daniel Fernandes Marques, Tatianny e Sérgio Araújo

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Audrien De Lucca, Geórgia Cintra e Sílvia Iglesias

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Denise Jafet, Vivian Maluf e Lenah Cutat

 

 JP Rodrigues/ Metrópoles
Dora Kurbhi, Aluízio Abdalla e Dulci Abdalla

 

Alan Santos
Dias Toffoli e Paulo Chapchap

Últimas notícias