Apreciadores de vinhos marcam presença na 11ª edição da Vinum Brasilis

Feira especializada em vinhos e espumantes nacionais apresenta grandes rótulos aos brasilienses

Filipe Cardoso/Especial para o MetrópolesFilipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

atualizado 20/08/2018 19:38

A 11ª edição da Vinum Brasilis, organizada por Petrus Elesbão e Guto Jabour, atraiu apreciadores de vinho nas últimas quinta e sexta-feira (16 e 17/8), no Lago Norte. Cerca de 30 vinícolas expuseram mais de 250 rótulos de vinhos, espumantes e sucos de uva fabricados no país. O público pôde degustar as bebidas vencedoras do 6º Concurso Vinum Brasilis e tirar dúvidas com os próprios produtores, que simpaticamente serviam os vinhos.

A feira reuniu diversos públicos e idades. Uma piscina de bolinhas roxas – lembrando uvas em um barril – localizada no centro do evento chamou atenção das crianças. Elas brincaram e tomaram suco de uva enquanto os pais degustavam a bebida de Bacco no estacionamento externo do Shopping Iguatemi.

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

6º Concurso Vinum Brasilis
Um júri técnico avaliou 66 rótulos de vinícolas participantes da Vinum Brasilis para eleger os três melhores nas categorias Tintos, Brancos, Espumante Charmat e Espumante Champenoise.

Na categoria Espumante Charmat, o vencedor foi o Estrelato Brut Rosé da Don Cândido, seguido pelo espumante Moscatel da Pedrucci e o espumante Moscatel da vinícola Torcello. Entre os Espumantes Champenoise, o júri escolheu o Nat. Extra Brut 2014, da Valmarino. Em segundo lugar ficou o Dádivas Brut, da Lídio Carraro, e em terceiro, o Lírica Crua, da vinícola Hermann.

Já entre os vinhos, o Chardonnay 2017 Don Giovanni ganhou o título de Melhor Vinho Branco. O segundo lugar foi dividido entre o Chardonnay 2015 Salton e o Chardonnay Pinto Bandeira 2017, da Aurora. Na terceira colocação, o Chardonnay 2009 da vinícola Maximo Boschi.

Entre os Tintos, o ganhador foi o Biografia Cabernet Sauvignon 2008, da Maximo Boschi. O segundo lugar ficou com o Basalto Cabernet Sauvignon Cave Pericó. E empatados em terceiro lugar, Traços D. Guerino 2015, da Don Guerino, e Cabernet Sauvignon 2012, da Don Giovanni.

Confira os cliques: 

Sarah Ferro, Sandra Bastos e Gabriela Freitas

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Bruno, Luiz e Luis Felipe de Luca

 

Daniel Lopes e Diego Cartier

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Nina Rocha e Rafa Rabelo

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Estefânia Teza e Bianca Meneguci

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Adriana Cabral e Flávio Morimoto

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Rafael Venâncio e Graciela Queiroz

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Michelle Veiga, Janaína Brauna e Vanessa Baldini

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

Ricardo Roriz e Marcos Melo

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Naiana Pereira, Kennedy Vieri e Rafaella Pestana

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Vilmar e Célia de Oliveira

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

Walmir Reis e Felipe Matos

 

Luciano Marques, Adriana Pires e Rafael Rodrigues

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Sarah Ferro, Sandra Bastos e Gabriela Freitas

 

Melissa e Rudimar Balén

 

Filipe Cardoso/Especial para o Metrópoles
Thiago Botelho e Natália Caixeta

SOBRE O AUTOR
Bethânia Nunes

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário Iesb em 2014. Trabalhou na produção da TV Brasília e no Correio Braziliense por três anos, onde atuou como repórter no site do veículo. Desempenhou a função de assessora de imprensa no Grupo Objetiva até março de 2018. Atualmente, produz a coluna de Claudia Meireles.

Últimas notícias