Devedor que ostenta vida de luxo tem cartões e milhas bloqueados

Advogada responsável pelo caso disse que o homem não possui bens declarados e, por isso, essa foi a medida mais eficaz a ser tomada

ISTOCKISTOCK

atualizado 03/12/2019 16:28

Despreocupado e fazendo viagens ao exterior em classe executiva, um devedor de R$ 187 mil sofreu uma reviravolta na Justiça. A 2ª Vara Civil de Sobradinho, Entorno do Distrito Federal, determinou o bloqueio dos cartões de crédito e a penhora das milhas de Rodrigo Mastrangelo Dias em consequência da dívida não quitada.

Segundo a denúncia, o homem solicitou um empréstimo para a empresa a qual prestava serviços, pediu demissão, e não pagou a dívida, desde 2005. Nas redes sociais, ele aparece levando uma vida de luxo – fazendo viagens e frequentando locais de alto nível.

“O processo vem se arrastando e a gente vem tentando encontrar bens no nome dele, mas nada”, disse a advogada responsável pelo caso, Michele Pereira da Costa, especialista em direito civil, do escritório SCA. Ela contou ainda que o devedor não costuma deixar rastros.

Dias exerce o cargo de diretor na empresa MDX Rental Mining S.A., que trabalha como Mineradora de Moeda Virtual –bitcoin. Para a advogada, esse foi o único meio de “sufocá-lo” e pressioná-lo a pagar a dívida, já que ele não costuma manter grandes quantias de dinheiro na conta.

“Nesse sentido, não é crível que uma pessoa possa fazer diversas viagens internacionais todo ano e, mesmo assim, não ter numerário em conta bancária e não ter bens, nem sequer um único veículo”, diz a decisão da Justiça.

Veja a íntegra da decisão:

Decisão by Metropoles on Scribd

SOBRE O AUTOR
Thayná Schuquel

Gaúcha, do interior do Rio Grande do Sul (RS), veio a Brasília em busca de histórias inusitadas para narrar pelo Brasil afora. Nas horas vagas, arrisca o traço na escrita de crônicas. Estudante de jornalismo na Universidade Paulista (Unip).

Últimas notícias