Deputado ignora lançamento: “Pensa num cara que Janot não gosta”

Parlamentar esteve no local onde ex-PGR fez uma noite de autógrafos em um shopping da cidade. José Medeiros foi buscar a filha no cinema

Igor Estrela/MetrópolesIgor Estrela/Metrópoles

atualizado 09/10/2019 16:11

O deputado federal José Medeiros (Podemos-MT) passou ao largo do lançamento do livro de memórias de Rodrigo Janot, na noite dessa terça-feira (08/10/2019). Enquanto o ex-procurador-geral da República autografava a obra para uma fila que ultrapassava os limites da livraria de um shopping de classe alta do Lago Sul, em Brasília, o parlamentar seguia em direção ao cinema. Ele disse nem saber sobre o evento ao lado. “Pensa num cara que ele [Janot] não gosta. Sou eu”, afirmou.

Quando era senador e integrante da CPI que apurava eventuais irregularidades na aquisição de parte da JBS pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) durante os governos do PT, entre 2007 e 2016, José Medeiros convocou Rodrigo Janot para depor.

A imagem de Medeiros ficou comprometida com apoio ao aumento salarial dos ministros do STF, no ano passado. Na ocasião, chegou a dizer que tinha achado “uma boa troca”. “Acabou o auxílio moradia. Veja que o aumento, mais dia menos dia, haveria de ser concedido. Seria cumulativo com auxílio”, comentou.

O reajuste geraria gastos na ordem de R$ 6 bilhões. Rapidamente, as redes sociais se levantaram contra Medeiros, que foi chamado de “traidor”.

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias