Xô, preguiça! Inverno potencializa resultados de exercícios

A prática em dias mais frios ajuda no gasto calórico e queima de gordura corporal

Designed by FreepikDesigned by Freepik

atualizado 09/07/2019 13:39

O inverno chegou e trouxe a beleza dos ipês e o clima frio para Brasília. Mas, o aconchego das cobertas acaba se tornando um vilão para a rotina de exercícios. O que poucas pessoas sabem é que as baixas temperaturas são as melhores aliadas para quem quer perder peso e queimar gordura.

“No frio a gente precisa aquecer mais o corpo, então a temperatura corporal se eleva naturalmente. Com a atividade física ela aumenta mais e, assim, potencializa a queima de calorias”, explica a professora de musculação da Bodytech Lago Sul Tacyana Melo.

Para Anna Beatriz Venâncio, aluna da mesma unidade, todo dia é dia de treino, não importa a temperatura. “No frio sempre é uma luta pra ir pra academia, mas penso que o frio é só enquanto não começo a treinar.” A empolgação da estudante não é para qualquer um. Anna Beatriz malha cinco dias na semana há sete anos, sendo cinco acompanhada de um personal.

Divulgação
Os irmãos Anna Beatriz e Niko Venâncio, ao lado do professor da Bodytech Carlos André

Mesmo com o entusiasmo pelas práticas, a estudante destaca a importância do acompanhamento profissional. “Acho superimportante ter um personal para me  acompanhar, assim posso fazer os movimentos da maneira correta sem medo de me lesionar. Também não sou uma pessoa que malha com disciplina sozinha, às vezes acho que não consigo concluir uma série ou até mesmo o treino todo, mas quando você tem alguém do seu lado, ajudando, colocando na sua cabeça que você ainda consegue fazer, é bem diferente. Acho que meu rendimento não seria o mesmo na academia sem uma ajuda do personal”, confessa a aluna do professor Carlos André Botelho, coordenador da Bodytech Company Lago Sul.

Diferente da irmã Anna Beatriz, Niko Venâncio se apega às altas temperaturas embaixo das cobertas e costuma fugir da academia no inverno. “”O frio chega e a vontade de fazer exercícios some. É muito fácil trocar um exercício no frio por filme, coberta e pipoca. A sensação é que o corpo fica mais pesado, preguiçoso, talvez por estar trabalhando mais para se manter aquecido”, conta.

Ele não é o único a querer deixar os exercícios de lado. “O normal é as pessoas fugirem, ninguém quer acordar no frio para treinar. Até para a gente que vive disso é mais difícil”, conta a professora Tacyana. “A potencialização dos resultados nessa época precisa ser levada em consideração e pode motivar as pessoas a fazerem mais atividades”, completa.

Anna Beatriz Venâncio é uma das que se sentem motivadas com o lado positivo de malhar no inverno. “Isso me dá mais motivos para continuar a querer ir no frio. Eu até prefiro malhar nessa época, porque sinto calor durante o treino e parece não cansar tanto”, ressalta. Niko ainda prefere os períodos mais quentes, quando costuma malhar de três a cinco vezes durante a semana. Mas confessa que a potencialização dos efeitos é animadora: “acredito que os resultados são a maior motivação de quem malha”.

SOBRE O AUTOR
Últimas notícias