*
 
 

Uma palavra tão poderosa, ao mesmo tempo tão negligenciada, a gratidão é a chave para mudar o rumo de uma vida, a chave para a felicidade.

Vivenciar a gratidão significa sentir-se, a nível de alma e coração, grata por tudo o que temos e ate pelo que não temos, por tudo o que somos, pela vida.

O nosso problema é estar sempre insatisfeitos, focando no que nos falta, sempre buscando mais e procurando fora o que já existe bem mais perto: dentro de nos.

Esquecemos que o “pedir” traz a vibração da falta, da escassez. É como se o universo captasse a vibração que você emana. Ao pedir, ele entende que ha carência, miséria e devolve a mesma emanação.

Ao agradecer, ou seja, exercer a gratidão sincera, o Universo compreende a frequência da abundância e retribui da mesma maneira.

A gratidão é uma pratica que se aprende, através da repetição, criando-se um habito. Experimente, ao ir dormir e ao acordar, listando ao universo tudo que você se sente grata no momento:

“Gratidão ao criador e ao Universo por mais um dia nessa escola da vida, pela saúde plena, por ter meus quatro corpos físico, mental, emocional e espiritual perfeitos, gratidão pelo meu lar, por ter uma cama quente, por poder escolher meu alimento, pelo meu trabalho, pelos amigos, pela família, por poder falar, ouvir, sentir, cheirar, por poder viajar e conhecer a imensidão que é esse planeta lindo, gratidão pelas abertura de consciência, pela inteligência, pelos anjos que cruzam meu caminho, por ter uma família unida, pela água que ainda não esta escassa, pelo automóvel que garante minhas conduções…”

Eu garanto que se você fizer disso um habito, a frequência da sua vida aumentara e as coisas começarão a acontecer para você. Ontem mesmo eu estava conversando com uma pessoa que me dizia como a gratidão tinha mudado sua vida.

Ela se sentia insatisfeita com sua posição profissional, estava sempre reclamando e não vestia a camisa da empresa. Vivia triste, agressiva, suas vendas diminuíam, seus custos aumentavam, caos geral.

Ate que um dia ela despertou e mudou a chavinha da mente e do coração. Começou a abraçar tudo o que tinha. Sentiu-se grata, toda manha, pelo seu trabalho, pela sua casa, pelo salário, pela vida. Em pouco tempo viu sua vida mudar. Era a campeã de vendas. Com sua vibração energética em alta, atraiu para vida dela as oportunidades em que ela almejava antes. Hoje, é uma profissional realizada, de sucesso, em consonância com seu propósito, e acima de tudo, grata.

O órgão que se liga à gratidão é o coração. A mente não se liga a fonte universal, o coração sim. Sinta com o coração, ative seu chakra cardíaco, malhe o mais lindo e poderoso músculo que você tem no corpo. Deixe-o forte e vibrante, capaz de transformar sonhos em realidade. Seja grato.



 


#Gratidãobela jornadaBela Lima