*
 
 

O nível de pH é um número que mede quão ácida ou alcalina é uma substância em uma escala de 0 a 14. Por exemplo, algo com um pH de 1 seria muito ácido, e algo com um pH de 13 seria muito alcalino.

A água alcalina possui um pH superior a 7, e pesquisadores afirmam que consumi-la traz inúmeros benefícios para nossa saúde.

Defensores da água alcalina acreditam que ela tenha o poder de diminuir a acidez do nosso corpo e, em contrapartida, favorecer seu funcionamento.

Antes de apontar os possíveis prós, é importante esclarecer que ainda não há um estudo científico completo que prove tais benefícios.

No entanto, um estudo publicado em 2016 feito com camundongos demonstrou uma maior sobrevida em relação aos que receberam água encanada. A mesma pesquisa apontou que a água alcalina poderia atuar como anti-aging, pois atua como fator de desaceleração do envelhecimento.
Mas não é só.

Vejam o que diz o site Alkaline Water Machine Reviews:

1. A água alcalina é um poderoso antioxidante que protege nosso corpo dos radicais livres que possam causar algumas doenças ao prejudicar nosso sistema imune. Estudos apontam que tomar água alcalina pode ser mais efetivo para combater certas doenças do que muitas pílulas sugeridas por aí, pelo único motivo de ser líquida.

2. A água alcalina efetivamente equilibra os níveis de pH do nosso corpo. A dieta de muitos de nós consiste em ingerir carnes, queijos processados, manteiga, tabaco, café em excesso, refrigerantes, açúcar refinado, entre outros insumos que tornam nosso corpo ainda mais ácido. Uma frase em inglês diz “Disease thrives where acid levels are high”, que significa: a doença prospera onde os níveis de ácido são altos. Assim, beber água alcalina ajuda a balancear os níveis altos de acidez no corpo, prevenindo doenças.

3. Por conter uma molécula menor, a água alcalina é mais bem absorvida pelo corpo, ocasionando melhor hidratação.

4. Água alcalina ajuda a desentoxicar o corpo: as águas comuns contêm alguns metais e substâncias nocivas que diminuem a capacidade de limpar as toxinas do nosso corpo, enquanto a alcalina não.

5. Ela fortalece o sistema imunológico – uma consequência natural ao balancear o pH do corpo e expulsar as toxinas.

6. Ela também ajuda a perder peso. Em razão da dieta da maioria de nós, composta de gorduras, carnes, queijos, fast-food, frituras e outros, o corpo fica mais ácido e é obrigado a produzir mais células de gordura para neutralizar o sistema ácido. Ao ingerir água alcalina, naturalmente não será necessária a estocagem de células de gordura.

7. Ajuda a prevenir e a curar o câncer. Em palavras simples, as células cancerígenas não sobrevivem a um sistema de pH neutro. Elas nascem em um sistema ácido e, por isso, a ingestão de água alcalina ajuda a neutralizar essa acidez, evitando e curando o câncer.

8. Previne o desenvolvimento da diabetes. Segundo um estudo publicado pelo dr. Theodore Baroody, em que ele diz haver uma relação entre o açúcar ingerido e a água alcalina: “O pâncreas é altamente dependente da dieta alcalina correta. Em troca, produz enzimas digestivas alcalinas e bicarbonato de sódio. Todos os aspectos da função pancreática reduzem o excesso de acidez. O pâncreas também regula o equilíbrio de açúcar no sangue, que cria energia no corpo. Assim, para ter equilíbrio adequado de açúcar no sangue, manter uma dieta é fundamental”. No Japão, o dr. Keijiro Kuwabara trata seus pacientes diabéticos com água alcalina há muitos anos.

9. Água alcalina pode ajudar a curar psoríase, uma doença que não tem cura. É uma doença crônica que aparece em razão de um sistema imunológico fraco. A água alcalina pode ajudar a neutralizar os sintomas da doença.

Como descrito acima, os possíveis benefícios de se consumir água alcalina são inúmeros. São estudos que trazem a importância de não só consumir a água alcalina como também adotar uma dieta alcalina, composta basicamente de alimentos como abacaxi, kiwi, melão, arroz selvagem, milho, azeitona, mamão, berinjela, lentilha, cereais integrais, castanha-de-caju e alga marinha. Deve-se comer com moderação os alimentos muito ácidos, como refrigerantes, álcool, frituras, café, açúcar, sal, leite, queijos, alimentos processados, carnes, torradas, nozes, trigo, feijão, grãos e arroz integral.

No Brasil existem algumas alternativas na hora de escolher uma água alcalina. Além das marcas Ananda, Ibira e Minalba, existem também vários filtros que transformam a água em alcalina.