Viúva de empresário de “pegadinha” soube da morte pelas redes sociais

A empresária Camila Volpato disse ter recebido a mensagem de um amigo do casal dizendo que precisava falar com ela com urgência

atualizado 07/01/2022 9:18

Reprodução/Instagram

A viúva do empresário Alan Xavier, de 33 anos, que morreu em acidente de trânsito em Cuiabá (MT), na noite da última terça-feira (4/1), disse que soube da morte do marido pelas redes sociais. Alan foi um dos 15 envolvidos numa pegadinha que viralizou na internet após o Réveillon.

A empresária Camila Volpato, de 31 anos, disse ao portal G1 que recebeu a mensagem de um amigo do casal dizendo que precisava urgentemente falar com ela.

“Eu liguei e ele disse que Alan estava caído no chão na frente dele e que ele reconheceu a moto”, lembrou. “Não existe sentimento além de dor. Estou tentando juntar os cacos que sobraram de mim para continuar o nosso sonho, tocando a nossa empresa”, disse.

A brincadeira, armada pelas esposas, mostra Alan e outros maridos chegando à festa da virada e sendo surpreendidos por usarem blusas iguais.

A “trollagem” foi uma versão brasileira de uma brincadeira americana que ficou famosa no TikTok.

As esposas compraram camisetas listradas iguais para os maridos usarem na festa de Réveillon. O momento em que cada um deles ia chegando foi gravado e postado nas redes sociais, logo alcançando milhões de visualizações.

Acidente

O empresário Alan Vinicius Barcelos Xavier morreu em acidente na Estrada do Moinho, na capital mato-grossense. Ele dirigia uma moto quando foi atingido por uma caminhonete.

Alan morreu antes de o socorro chegar. O motorista da caminhonete fugiu do local após a batida.

Um terceiro carro também foi atingido, mas não houve registro de feridos. A Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) investiga o caso.

Mais lidas
Últimas notícias