Vídeo: polícia divulga imagens de homem acusado de matar grávida em SP

Colombiando Davi Rodrigues, companheiro da vítima, é o principal suspeito. Sandra Maria foi morta na sexta (22/7), em seu apartamento

atualizado 25/07/2022 20:03

Davi Rodrigues acusado de matar Sandra Maria a facadas em SP 1Reprodução

A foto do principal suspeito pela morte da cabeleireira Sandra Maria, 35, grávida assassinada ao lado de sua filha de 8 meses, foi divulgada pela Polícia Civil de São Paulo nesta segunda-feira (25/7).

O colombiano, companheiro da vítima, que se apresentava como Davi Rodrigues, 30 anos, está foragido. Seu verdadeiro nome é Daniel Ospina Garcia, e ele foi visto saindo do apartamento de Sandra na noite do crime. Veja vídeo:

Imagens de câmeras de segurança do prédio em que Sandra morava mostram que o suspeito chega às 19h38. Ele chama o elevador e logo em seguida reaparece no hall do edifício com sacolas, segundo o G1.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

 

A vítima estava grávida de um mês e, segundo a Polícia  Civil, foi morta a facadas na sexta-feira, no apartamento em que morava, no bairro da Liberdade. No berço ao lado do corpo, estava a filha de 8 meses da mulher.

Por volta das 21h47, Davi é flagrado novamente. Dessa vez, ele aparece descendo escadas com malas; e foi a última vez em que o colombiano foi visto.

Na manhã desta segunda-feira (25/7), os agentes retornaram ao local do crime, na Rua Tabatinguera, na Liberdade, região central da capital paulista, para investigar a morte de Sandra, encontrada apenas no domingo (24/7).

O ex-companheiro de Sandra e pai da criança de 8 meses prestou depoimento na madrugada desta segunda-feira (25/7) e foi liberado.  A bebê de 8 meses recebeu alta nesta segunda-feira, segundo Fábio Costa, advogado da família. Tanto o pai da criança quanto a família de Sandra querem ficar com a guarda.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que o caso é investigado por meio de inquérito policial instaurado pela 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da capital. “A equipe da unidade identificou um suspeito e trabalha para localizá-lo e prendê-lo. Laudos periciais foram solicitados e serão analisados pela autoridade policial tão logo forem concluídos”, acrescenta.

 

Mais lidas
Últimas notícias