Veja quem pode se vacinar nesta terça (28/9) em SP, RJ, GO, MG e SC

Capitais vacinam jovens e aplicam a dose reforço da Covid-19 em idosos e imunossuprimidos

atualizado 28/09/2021 7:55

Vacinação na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Idosos de 88 anos e antecipação da Pfizer para 50 anosAline Massuca / Metrópoles

As capitais seguem, nesta terça-feira (28/9), a campanha de vacinação contra a Covid-19. O Rio de Janeiro, por exemplo, aplica a dose reforço em quem tem 82 anos ou mais. A capital fluminense também imuniza, com a primeira dose, o público de 12 anos.

Pessoas com deficiência devem apresentar laudo da rede pública ou particular; cartões de gratuidade no transporte público; documentos comprobatórios de atendimento em centros de reabilitação ou unidades especializadas no atendimento de pessoas com deficiência; documento oficial de identidade com a indicação da deficiência ou qualquer outro documento que indique se tratar de uma pessoa com deficiência. Confira os locais.

Santa Catarina

Florianópolis aplica a primeira dose em adolescentes de 16 e 17 anos sem comorbidades. A população de 12 a 17 anos com comorbidades também recebe a aplicação.

A dose de reforço será disponibilizada para idosos de 75 anos ou mais que tomaram a segunda dose há 180 dias e pessoas com alto grau de imunossupressão que tomaram a D2 há 28 dias. Confira os locais. 

São Paulo

A capital paulista vacina idosos com mais de 70 anos que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 6 meses.

Podem se vacinar ainda pessoas com alto grau de imunossupressão com mais de 18 anos que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 28 dias, exceto gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).

Também receberão a vacina jovens de 12 a 17 anos de idade. Os adolescentes devem estar acompanhados pelo responsável no ato da vacinação. No caso de impossibilidade de acompanhamento do responsável, precisam estar com um adulto e apresentar autorização assinada.

A Secretaria Municipal de Saúde da capital paulista reforça a obrigatoriedade de que o cidadão apresente, no ato da vacinação, comprovante de residência na cidade, além de documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoa Física (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Veja os locais. 

Minas Gerais

A Prefeitura de Belo Horizonte (MG) vai ampliar a segunda dose para pessoas com 47 anos. “Só poderão tomar a segunda dose no dia 28 de setembro pessoas de 47 anos, cuja data do cartão de vacina esteja marcada para até o dia 5 de outubro. Para que os usuários possam tomar a segunda dose é necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade, CPF e comprovante de residência em Belo Horizonte”, diz a prefeitura. Veja.

Goiás

Em Goiânia (GO), a vacinação acontece para pessoas com 18 anos ou mais, sem agendamento. Os adolescentes de 12 a 14 anos com comorbidades ou deficiência permanente, gestantes e puérperas, além dos que têm entre 15 e 17 anos, podem se vacinar em um dos oitos pontos exclusivos para eles, mediante agendamento.

A dose reforço estará disponível para idosos a partir de 70 anos que receberam a segunda dose até o dia 28 de março e para pessoas imunossuprimidas com mais de 50 anos. Veja os locais. 

Últimas notícias