*
 

Um piloto norte-americano, da companhia aérea American Airlines, foi retirado de um voo que sairia do Aeroporto de Guarulhos (SP) para Miami (EUA) na noite desta quarta-feira (7/3). Segundo testemunhas, o homem apertou o pescoço de uma funcionária da empresa após troca de agressões verbais. A informação é do jornal O Globo.

De acordo com a Polícia Federal (PF), o incidente ocorreu depois de uma discussão sobre a ponte de embarque, ou “finger”, equipamento que liga o terminal do aeroporto ao avião. O piloto afirmava que o  dispositivo não estava bem acoplado, enquanto a funcionária da companhia dizia que estava introduzido corretamente e que uma movimentação poderia afetar a aeronave.

Testemunhas relataram que o norte-americano, exaltado, empurrou a mulher e apertou seu pescoço. Um homem que trabalha no local teria visto a agressão e afastado o comandante.

A polícia foi chamada e levou o capitão da aeronave, que teve seu passaporte apreendido. Após assinar um termo circunstanciado por agressão, foi liberado e terá de responder ao juizado especial criminal estadual de Guarulhos.

O voo, marcado para as 21h de quarta (7), foi atrasado para as 11h desta quinta-feira (8). A American Airlines afirmou ter conhecimento do caso e disse que está analisando as medidas cabíveis.