Suspeito de matar vigilante em mercado é preso e entrega comparsa no PR

Os dois confessaram participação no latrocínio, mas negam ter atirado

atualizado 16/09/2020 12:42

Dois suspeitos de participação no latrocínio que provocou a morte do vigilante Luiz Medenski, no dia 5 de setembro, durante um assalto a um supermercado de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, foram presos nesta terça-feira (15/9), em Curitiba.

Os suspeitos aparecem nas imagens de câmeras de segurança. Na delegacia, eles confessaram a participação no roubo, porém negaram terem sido responsáveis pelo tiro que matou o vigilante. O primeiro a ser preso tentou fugir e foi baleado de raspão na perna. Ele acabou entregando o comparsa, que foi detido em seguida.

Leia mais em Banda B, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias