*
 

O Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) do Corpo de Bombeiros informou, nesta terça-feira (6/11), que a tripulação de um navio situado nas proximidades do Porto de Santos (SP) resgatou um surfista que havia sido puxado pela correnteza. De acordo com os socorristas, a vítima percorreu cerca de 10 quilômetros e três cidades antes de ser encontrado. As informações foram divulgadas pela TV Tribuna, filiada à TV Globo.

Segundo a reportagem, o homem entrou no mar na região do bairro Canto do Forte, em Praia Grande (SP). Em seguida, ele foi surpreendido pela força da maré em uma área afastada da arrebentação das ondas. Diante do impasse, relatou o surfista, não foi possível voltar à praia. A solução foi permanecer em cima da prancha e deixar-se levar pela forte correnteza.

Sem forças para remar contra a maré, o rapaz atravessou a divisa marítima com São Vicente (SP) até chegar à Baía de Santos (SP), nas proximidades do canal de acesso ao porto, utilizado pelos navios de grande porte. Tripulantes de um navio que estava nas proximidades o viram em perigo e lançaram uma boia para fazer o resgate.

A Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) foi acionada e comunicou o ocorrido para uma equipe do Corpo de Bombeiros, que encaminhou uma lancha até ao local para socorrer o surfista. Ao retirarem o homem do navio, os socorristas notaram que, apesar de cansado, ele estava em boas condições. Portanto, não precisou ser levado ao hospital.