STF rejeita queixa-crime de Luciano Hang contra petista Paulo Pimenta

O ministro Ricardo Lewandowski considerou que não há razão para abertura de ação penal devido à imunidade parlamentar do deputado do PT

atualizado 18/10/2021 18:05

Luciano Hang presta depoimento à CPIRafaela Felicciano/Metrópoles

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou queixa-crime por injúria apresentada pelo empresário Luciano Hang contra o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS).

O dono da rede de lojas Havan entrou com ação contra o parlamentar após publicação no Twitter na qual Paulo Pimenta afirmou que Hang “é um dos melhores símbolos para ilustrar a elite corrupta e hipócrita do Brasil” e que ele “deve centenas de milhões ao povo brasileiro”.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) havia opinado pela rejeição do pedido do empresário bolsonarista.

Nesta segunda-feira (18/10), Lewandowski considerou que não há razão para abertura de ação penal por conta da imunidade parlamentar de Pimenta.

Mais lidas
Últimas notícias