STF e STJ emitem nota de pesar pela morte de Ricardo Boechat

Os presidentes dos dois tribunais superiores elogiaram o trabalho do jornalista que morreu em um acidente de helicóptero

JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASILJOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

atualizado 11/02/2019 16:22

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Antonio Dias Toffoli, divulgou nota de pesar pela morte do jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, ocorrida no início da tarde desta segunda-feira (11/2). O ministro elogiou o dinamismo e a versatilidade do jornalista.

“Lamento a morte do jornalista Ricardo Boechat ocorrida nesta segunda-feira (11), em São Paulo. A imprensa e a sociedade brasileira estão em luto pela perda desse excelente profissional que com dinamismo e versatilidade levava a notícia aos públicos mais diversos, seja para quem o lia na coluna da revista Istoé, seja para quem o ouvia na rádio ou o assistia nos telejornais da Band. Presto minhas sinceras condolências à família, aos amigos e às empresas para as quais trabalhou ao longo de quase meio século de jornalismo”, destacou Dias Toffoli.

Também o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, também lamentou a morte do jornalista e ressaltou que ao longo da carreira, Boechat construiu uma história marcada pelo profissionalismo, pela imparcialidade, pela ética e o combate à corrupção.

“Ao longo de quase 50 anos de carreira, o jornalista Ricardo Boechat construiu uma história marcada pelo profissionalismo, pela imparcialidade e pelo cultivo dos valores mais caros ao jornalismo, como a ética e o combate à corrupção. Jornalista multifacetado e premiado, Boechat consolidou seu nome entre os profissionais de imprensa mais respeitados do país. Com profunda tristeza, manifesto condolências aos familiares, amigos e a todos os colaboradores do Grupo Bandeirantes”, destacou o presidente do STJ.

O jornalista Ricardo Boechat morreu em um acidente de helicóptero na tarde desta segunda-feira (11/2). O helicóptero caiu sobre um caminhão no Rodoanel, em São Paulo. Além dele, o piloto Ronaldo Quattrucci, que comandava a aeronave, também faleceu.

Âncora da Band News, ele havia apresentado o seu programa matinal na emissora de rádio antes de embarcar na aeronave. Segundo o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu em cima de um caminhão que trafegava pela via, no sentido interior, próximo à praça do pedágio. O motorista do caminhão, segundo os Bombeiros, ficou ferido, mas não corre risco.

Últimas notícias