SP inaugura hospital de campanha, atrasado e menor que o previsto

O centro de saúde contará com 40 leitos de enfermaria e 20 de UTI

atualizado 14/04/2021 11:04

Inauguração do Hospital de Campanha Santa Cecília, São Paulo, em 13 de abrilFábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – Nesta terça (13/4), à tarde, o governo de São Paulo entregará um novo hospital de campanha. Chamado de Hospital Metropolitano, a unidade de saúde fica no bairro Santa Cecília, na capital paulista.

Com atraso de duas semanas, o hospital abrirá as portas com menos leitos do que era previsto. Inicialmente, a promessa era de que haveriam 130 leitos de enfermaria e 50 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Agora, o hospital contará com 40 de enfermaria e 20 de UTI.

De acordo com o governo de SP, o atraso ocorreu devido a alta demanda por equipamentos de oxigênio em todo Brasil. Com isso, a instalação desses equipamentos no hospital atrasou.

A previsão é de que ao menos 900 profissionais atuem no hospital, que funcionará em um prédio particular cedido ao governo.

Atualmente, outros dois hospitais de campanha estão em funcionamento no estado, em Campinas e em Barretos.

Na segunda-feira (12/4), SP superou a marca de 83 mil mortos por Covid-19. No Estado, 85% dos leitos de UTI estão ocupados.

 

0

Últimas notícias