SP: homem é baleado pela PM após tentar agredir a mulher e o filho

Polícia Militar foi chamada por vizinhos. Caso foi registrado na Delegacia de Hortolândia

atualizado 10/10/2021 19:28

Delegacia de HortolânidaReprodução/EPTV

São Paulo – Um homem, de 42 anos, acabou preso pela polícia depois de agredir e ameaçar a esposa e o filho, na tarde deste sábado (9/10), na Vila Real Santista, em Hortolândia, interior de São Paulo. 

De acordo com a polícia, o agressor que é pedreiro chegou “alterado” em casa e agrediu sua esposa, de 40 anos. O filho do casal, de 21 anos, tentou intervir quando ouviu os gritos da mãe e “entrou em luta corporal com o pai”, ainda de acordo com a polícia.

PM chamada por vizinhos

Depois da reação do filho, o homem pegou uma faca e o rapaz saiu de casa para pedir ajuda. A Polícia Militar foi chamada por vizinhos.

De acordo com a corporação, um dos policiais pediu ao pedreiro que largasse a faca, mas mesmo assim ele seguiu armado em direção ao filho, que estava escondido atrás de um dos agentes.

Um policial militar atirou contra o agressor para que ele não ferisse o filho, de acordo com a corporação.

Baleado, o homem foi levado ao Hospital Estadual de Sumaré.

A esposa e o filho do pedreiro pediram medidas protetivas à polícia contra ele. O caso foi registrado na Delegacia de Hortolândia como lesão corporal, violência doméstica, ameaça e resistência. 

Últimas notícias