Servidores que fraudavam fornecimento de combustíveis são alvo da PF

A investigação teve início após denúncia que indicava haver conluio de um empresário do ramo de combustíveis com servidores municipais

atualizado 26/11/2020 8:35

PFEdnilson Aguiar/O Livre

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (26/11), a Operação Posto Exclusivo, com o objetivo de combater a prática de crimes de corrupção envolvendo licitações na Prefeitura do município de Ladário, no estado do Mato Grosso do Sul.

Aproximadamente 55 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Corumbá (MS), nas cidades de Ladário (MS), Corumbá (MS) e Rio de Janeiro (RJ).

A investigação teve início após denúncia que indicava haver conluio de um empresário do ramo de combustíveis com servidores municipais. Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção passiva e ativa, por fraude em licitação e por organização criminosa.

0

Posto Exclusivo

O nome da operação faz referência ao fato da empresa investigada ser a única fornecedora de combustível à Prefeitura de Ladário, vencendo sucessivas licitações com suspeitas de fraudes.

Últimas notícias