Secretário municipal é encontrado morto com marcas de facadas em Goiás

Titular da pasta de Cultura de Campo Limpo de Goiás, Vilmar Ribeiro, de 46 anos, foi localizado em Anápolis; dois suspeitos foram presos

Goiânia – Dois jovens de 18 anos foram presos suspeitos de matar o professor e secretário de Cultura do município de Campo Limpo de Goiás, Wagner Braz de Matos, de 46 anos. O corpo dele foi encontrado na madrugada desta segunda-feira (5/7) em uma estrada em Anápolis, a 55 km da capital goiana, com sinais de facadas e chutes. O crime teria acontecido na noite desse domingo (4/7).

De acordo com o tenente da Companhia de Policiamento Especializado (CPE), Vilmar Ribeiro, os suspeitos já conheciam a vítima. “Um dos autores disse que conhecia a vítima e já haviam saído outras vezes. Eles acharam como uma vítima fácil, marcaram o encontro, renderam, jogaram o secretário no porta-malas e executaram com requintes de crueldade“, disse o tenente ao portal G1.

Segundo o tenente, os jovens agiram com violência e desfiguraram o rosto do secretário de Cultura. À polícia, os suspeitos alegaram que cometeram o crime para conseguir dinheiro com o roubo do carro. 

“Eles desovaram o corpo e levaram o carro para um local escondido, depois pediram uma corrida por aplicativo e nós conseguimos localizar o motorista através de videomonitoramento. Ele contou que os tinha deixado no Residencial Copacabana”, relatou Ribeiro.

1/4
O carro do secretário foi roubado pela dupla e depois abandonado
Os dois jovens de 18 anos confessaram o crime
O secretário de Cultura de Campo Limpo de Goiás, Wagner Braz de Matos, de 46 anos, foi encontrado morte com sinais de facadas e chutes
Confissão

De acordo com a corporação, um dos jovens confessou o crime após a abordagem policial e apontou a localização do comparsa, que também confirmou a autoria. Os policiais encontraram o carro e o celular da vítima, a faca utilizada no crime, além das roupas dos jovens.

Por meio de nota nas redes sociais, a prefeitura de Campo Limpo de Goiás lamentou a morte de Wagner Braz de Matos. Ainda de acordo com a CPE, os dois jovens estão presos a Central de Flagrantes de Anápolis e devem ser encaminhado ao presídio municipal.