Secom divulga números errados sobre mortes por Covid em setembro

Em publicação nas redes sociais, a Secretaria disse que foram apenas 3,6 mil óbitos neste mês, mas dados oficiais apontam 16,2 mil vítimas

atualizado 04/10/2021 20:59

Coronavírus ilustraçãoGetty Images

A Secretaria Especial de Comunicação da Presidência da República (Secom) divulgou, nesta segunda-feira (4/10), dados errados sobre o número de mortes por Covid-19 no mês de setembro. Na postagem, o órgão diz que o mês registrou a menor quantidade de óbitos em 2021, apontando 3,6 mil vítimas. No entanto, o total é bem maior: 16,2 mil mortos.

“Foram mais de 3,6 mil vidas perdidas pela doença, redução de 84,27% em comparação com abril, mês com maior número de registros”, diz post no perfil do Twitter da Secom.

Na contramão da informação da Secretaria, dados divulgados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa*, na noite de quinta-feira (30/9), revelam que setembro registrou 16.275 mortes pela doença. Os dados oficiais do Ministério da Saúde também trazem números diferentes. Segundo a pasta, foram 16.336 óbitos.

O trecho que fala em menor número de mortes por Covid-19 está correta, mesmo que os dados informados sejam inferiores aos oficiais. Isso porque no ranking dos meses com menores registros de óbitos, aparecem os períodos de agosto, com 24.088 mortes, e de janeiro, com 28.558.

O Metrópoles entrou em contato com a Secom, questionando o erro na publicação. No entanto, não houve retorno até o momento da publicação da matéria.

Últimas notícias