SC: sala de aula em que estavam bebês vítimas de ataque será destruída

Local onde houve o assassinato de 5 pessoas, em escola no município de Saudades, será trasformado em parque

atualizado 11/05/2021 22:53

Pessoas prestam homenagem a vítimas de ataque em SCSirli Freitas/Especial

Após o ataque à Escola Municipal Pró-Infância Aquarela, em Saudades, Santa Catarina, no episódio que parou o Brasil, a creche comunicou que começará uma reforma nesta quarta-feira (12/5). De acordo com informações da GauchaZH, a sala de aula onde aconteceu o assassinato de três bebês e duas professoras será destruída, mas a estrutura do prédio será mantida.

O espaço no qual ficava a sala vai ser transformado em um parque. A escola será pintada com tintas doadas pela comunidade. A mão de obra estará por conta de clubes de serviço que se voluntariaram a ajudar.

A principio, o objetivo era realocar os alunos para outra escola de educação infantil em Saudades. Porém, como a Aquarela atende crianças de 6 meses a 2 anos, possui uma estrutura específica para esse público. Então, a prefeitura decidiu preservar o prédio e os móveis, desativando a sala onde o crime aconteceu.

A reforma está marcada para terminar até sexta-feira (14/5), data de retorno para toda a rede de ensino de Saudades. As aulas foram suspensas na sexta-feira (7/5) em razão da chacina. Os pais dos alunos da creche receberam uma enquete questionando quais deles queriam mandar as crianças de volta às aulas.

Também nesta terça foram realizadas homenagens para as vítimas da chacina em frente à escola.

0

Últimas notícias