Presidente de ONG testa negativo para coronavírus e é liberada

Foi identificada infecção por rinovírus, informou a assessoria do Todos Pela Educação. Um evento havia sido cancelado devido à suspeita

A presidente da ONG Todos Pela Educação, Priscila Cruz, de 42 anos, foi liberada do isolamento nesta quinta-feira (12/03) após novo exame constatar que ela não está contaminada pelo novo coronavírus.

Exame divulgado na tarde dessa terça-feira (10/03) apontou que Priscila estava infectada por rinovírus.

Por conta da suspeita de coronavírus, o encontro Educação Já, promovido pelo movimento Todos Pela Educação, em Brasília (DF), foi cancelado. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), esteve no evento na segunda-feira (09/03), dia da abertura.

Em comunicado, a ONG informa, sem mais detalhes, que uma nova data para o evento será divulgada em breve.

Em rede social, Priscila compartilhou a notícia com os seguidores e agradeceu pela “torcida positiva”. Na terça, o ministro da Educação Abraham Weintraub comentou a suspeita de coronavírus da presidente e demonstrou ironia ao compartilhar a suspensão do evento.

“Para fechar o bloco de informações sobre Priscila Cruz e sua ONG ‘Todos pela Educação’: CORONAVÍRUS!!”, escreveu Weintraub.