Sapo leva banho de bebida alcoólica em cima de som automotivo; vídeo

Animal aparece sobre alto falante de carro, enquanto é banhado em bebida alcóolica e pula conforme a música. PCGO suspeita de tortura

atualizado 04/05/2022 13:59

sapo banhado em bebida alcoolica sobre alto falante de som automotivo, em goiás Reprodução

Goiânia – As imagens de um sapo jogado em cima do alto-falante de um carro de som automotivo e banhado com bebida alcoólica, enquanto a música toca, geraram repercussão entre perfis de Goiás na internet e estão sendo investigadas pela Polícia Civil.

O vídeo foi publicado por um perfil de divulgação de festas e encontros de som automotivo no Instagram. Ele viralizou, chegou a ter mais de 11 mil visualizações e está sendo tratado pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) como suspeita de tortura animal.

As imagens foram apagadas pelo responsável pelo perfil, assim que a polícia entrou na história. Além disso, após a repercussão negativa, ele desativou a conta.

Veja: 

“Crueldade”

O delegado titular da Dema, Luziano de Carvalho, definiu como “crueldade” e “ato perverso” a cena mostrada pelas imagens. O sapo aparece, primeiro, paralisado e, à medida que a música toca, ele é banhado em bebida e jogado para cima, com o impacto do som.

A gerente de proteção de fauna da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) de Goiânia, Isabela Saddi, também reprovou a prática e questionou sobre qual seria a diversão da pessoa, ao ver uma cena do tipo, e fazendo apologia a maus-tratos contra animais.

O crime de tortura animal pode gerar multa e prisão de seis meses a um ano. A Dema busca, agora, confirmar a autoria do vídeo. O responsável pelo perfil alegou que apenas publicou as imagens e que não teria sido ele o autor do crime.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias