Indígena de 8 anos é a 1ª criança a ser vacinada contra Covid no país

Evento simbólico ocorreu em São Paulo, nesta sexta-feira (14/1). Os postos paulistas começam a imunizar as crianças de 5 a 11 anos segunda

atualizado 14/01/2022 18:22

Fábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – Aos 8 anos, Davi Seremramiwe, que é um indígena da etnia Xavante e tem deficiência motora, foi a primeira criança a ser imunizada contra a Covid-19 no Brasil. A vacinação ocorreu em São Paulo, em evento simbólico realizado nesta sexta-feira (14/1) pelo governo de São Paulo, no Centro de Convenções Rebouças, zona oeste da capital.

O pai de Davi, cacique Jurandir Seremramiwe, participou da cerimônia por videoconferência. “Estou muito feliz de ver ele tomar a primeira dose, como um exemplo para a criançada de 5 a 11 anos. Que o resto do Brasil possa fazer esta campanha para que amanhã tenhamos alegria, sorriso e saúde em primeiro lugar. Vacina é importante. E que nós tenhamos toda a criançada 100% vacinada”, disse.

Também foram vacinadas mais sete crianças com comorbidades. O governador João Doria (PSDB) afirmou que “este é um dia histórico para o estado e para o país”.

0

Além de Davi, foram vacinados: Caue Henrique dos Santos, 11, que tem síndrome de Down; Luis Felipe Barbosa, 11, que é quilombola; Valentina Moreira, 6, que fez transplante de rim; Leonardo Martinez, 5 anos, com síndrome de Down; Caio Emanoel de Oliveira, 10, que tem cirrose hepática; e Grasiele de Oliveira, 8, que tem síndrome de Down.

Os postos paulistas começam a imunizar as crianças de 5 a 11 anos na segunda-feira (17/1). Os critérios a serem adotados na campanha serão definidos em âmbito municipal, mas o estado já recomendou que, assim como ocorrerá na capital, sejam priorizadas as crianças quilombolas, indígenas e com comorbidades ou deficiências.

O estado de São Paulo já começou a enviar doses para seus municípios. À medida que foram recebendo as doses, as prefeituras poderão definir o cronograma da campanha da imunização. São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, inicia a vacinação ainda hoje.

São Paulo tem 4,3 milhões de crianças nesta faixa etária aptas a serem vacinadas. Por enquanto, o estado recebeu, no primeiro lote, 240 mil doses da Pfizer para o público infantil.

 

Mais lidas
Últimas notícias