Ruas de SP ficam cheias no primeiro dia útil de reabertura do comércio

Atividades comerciais e cultos nos templos religiosos foram retomados no estado nesse domingo (18/4)

atualizado 19/04/2021 19:20

Transporte público São PauloFábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – O primeiro dia útil da fase de transição em São Paulo foi marcado por ruas movimentadas e transporte público lotado. Após mais de um mês na fase emergencial de combate à pandemia de Covid-19, o estado liberou nesse domingo (18/4) o funcionamento de atividades comerciais e os cultos em templos religiosos com a presença de fiéis.

Essa nova etapa de isolamento, entre a fase vermelha e a laranja, fica em vigor inicialmente até o próximo dia 30. A partir do dia 24, serão liberadas as atividades de serviço e as culturais, que incluem academias, salões de beleza, parques e museus.

Em um passeio pela cidade, o Metrópoles flagrou cenas de desrespeito aos protocolos básicos de enfrentamento à Covid-19, como uso de máscara de proteção de maneira incorreta e aglomerações.

0

A reportagem também registrou cenas de aglomerações na estação da Luz, na região central da capital.

0

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, o governo está dando um “voto de confiança” para a população e aos setores econômicos. A intenção da fase de transição, segundo ela, é que a economia seja retomada, mas com respeito ao combate à pandemia.

Boletim epidemiológico do estado desta segunda-feira (19/4) informa queda na ocupação dos leitos de UTI e enfermaria. Em todo o estado, as taxas de ocupação são de 83% nas UTIs e de 63,3% nas enfermarias. Na Grande São Paulo, os índices são de 80,8% e 65,8%, respectivamente. A taxa de ocupação de UTI no estado chegou ao pico de 93% em 1º de abril.

O que já está aberto na fase de transição:
  • Shoppings e lojas de rua, com atendimento presencial a partir desse domingo (18/4), das 11h às 19h, com limitação de 25% da capacidade.
  • Cultos, missas e demais manifestações de fé estão permitidas, desde que cumpram protocolos de distanciamento e controle de acesso, sem restrição de horário.
0
O que pode abrir de 24 a 30 de abril:
  • Restaurantes, lanchonetes e similares podem, a partir de 24 de abril, atender presencialmente, das 11h às 19h, com limitação de 25% da capacidade total;
  • Salões de beleza e barbearia podem, a partir de 24 de abril, atender presencialmente, das 11h às 19h, com limitação de 25% da capacidade total;
  • Cinemas, teatros, museus e demais podem, a partir de 24 de abril, abrir, das 11h às 19h, com limitação de 25% da capacidade total. É necessário controle de acesso e público sentado;
  • Academias podem, a partir de 24 de abril podem, das 7h às 11h e das 11h às 15h, funcionar apenas para atividades agendadas, com 25% da capacidade total; e
  • Parques serão abertos a partir de 24 de abril, mas nenhuma data foi divulgada até o momento.

Últimas notícias