Rolou na 4ª: STF investe contra fake news; Aras quer suspender inquérito

Ministério da Saúde atualiza os números da Covid-19 no Brasil: são 411.821 casos confirmados e 25.598 mortes, sendo que 1.086 em 24 horas

atualizado 27/05/2020 19:45

Rolou nesta quarta-feira quarta-feira (27/05): por determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, a Polícia Federal (PF) cumpriu mandados de busca e apreensão dentro das investigações em torno da disseminação de fake news e ameaças contra a Corte.

Entre os alvos, estavam aliados do presidente Jair Bolsonaro, como o dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, o ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, o blogueiro Allan dos Santos, do site Terça Livre, e o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP).

Moraes afirma que as investigações apontam para um esquema de propagação de notícias falsas, financiado por empresários.

Após a operação da PF, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu ao ministro Edson Fachin, do STF, a suspensão do inquérito das fake news.

Aras alega que a PGR foi “surpreendida” com as ações realizadas nesta quarta “sem a participação, supervisão ou anuência prévia do órgão de persecução penal” e que isso “reforça a necessidade de se conferir segurança jurídica” ao inquérito.

Leia mais notícias desta quarta:

Últimas notícias