Reviravolta: presa, esposa de taxista confessa ter mandado matá-lo

O taxista Sergio Rodrigues, de 52 anos, foi encontrado morto com várias marcas de tiros em um terreno baldio

atualizado 03/12/2021 13:59

Foto: Reprodução

pessoa presa na noite desta quinta-feira (2/12), suspeita de envolvimento na morte do taxista Sérgio Rodrigues, é a esposa da vítima. A mulher foi levada à delegacia e confessou a ter mandado matar o marido. A informação foi confirmada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (3/12). Na entrevista, porém, o delegado Tito Lívio Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não cita o nome da suspeita.

“Eu não posso mencionar o nome por questões legais, devido a lei de abuso de autoridade. Era uma mulher que estava junto com ele [Sérgio] no momento, os dois tinham uma relação afetiva. Ela foi até o local da execução e acompanhou quando duas pessoas do sexo masculino atiraram contra a vítima”, afirmou.

O taxista Sergio Rodrigues, de 52 anos, foi encontrado morto com várias marcas de tiros em um terreno baldio, no bairro Uberaba, em Curitiba, no dia 20 de novembro após um suposto assalto.

Leia mais no portal Banda B, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias