Professor é impedido de entrar em bar de BH com camisa regata

Caso aconteceu no último sábado e professor denunciou a situação nas redes sociais. Bar nega homofobia e diz que segue regras de vestimenta

atualizado 23/03/2022 9:18

Professor João Victor Oliveira diz que foi proibido de entrar em bar de BH por usar camisa regataArquivo pessoal

Imagine estar numa fila, pronto para encontrar o aniversariante da vez, e ser barrado na porta da festa por conta de uma única peça de roupa. Foi o que ocorreu com o belo-horizontino João Victor Oliveira, 25, no último sábado (19/3). Professor de história, ele foi ao Beb’s Bar, na Pampulha, para comemorar o aniversário de um amigo. No entanto, foi informado de que não poderia entrar por conta da blusa que usava, apontada pelos seguranças como estilo regata.

A peça usada por ele não tem o decote lateral característico desse tipo de peça, comumente mais cavada. Na verdade, o educador comprou a camiseta no setor feminino de uma loja, mas a falta de mangas foi a justificativa apresentada, na ocasião, pela equipe do bar. João denunciou a situação nas redes sociais e o caso levantou discussões de gênero e vestimenta, além de relações de consumo. Bar nega homofobia e diz que segue regras de vestimenta.

Confira detalhes da história e a resposta completa do bar no site BHAZ, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias