Prefeitura de SP remove grafite de Nossa Senhora fazendo gesto obsceno

Vereador fez criticou desenho nas redes sociais. Grafite de Nossa Senhora Aparecida estava no muro da EMEI Santos Dumont, em São Paulo

atualizado 13/10/2021 12:39

Grafite de Nossa Senhora estava em muro da EMEI Santos Dumont, em São PauloReprodução

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo removeu do muro da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Santos Dumont, localizada na Pompeia, um grafite que retratava Nossa Senhora Aparecida fazendo um gesto obsceno. O desenho mostrava a padroeira do Brasil mostrando o dedo do meio

A remoção foi feita após o vereador Delegado Palumbo (MDB) criticar que o desenho era obsceno e desrespeitoso. O político foi até o local e gravou um vídeo para mostrar o grafite. As imagens foram compartilhadas em suas redes sociais e gerou muita polêmica.

“Claramente um gesto obsceno, isso é um desrespeito com a religião e com a fé alheia. Nós não vamos permitir isso em uma escola pública municipal”, afirmou o político em vídeo publicado no Instagram em 21/9.

Palumbo, que tem 674 mil seguidores no Instagram, também disse que ele mesmo retiraria o grafite caso a prefeitura não o fizesse. “Se não tomarem providências, prefeito Ricardo Nunes, eu mesmo vou pintar isso aqui, porque eu sou católico e devoto de Nossa Senhora Aparecida”, afirmou o vereador.

O vereador Delegado Palumbo também reforçou as críticas no Twitter, rede social na qual tem 5,3 mil seguidores.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação, informou que a imagem foi removida por “respeito a todas as religiões”.

Últimas notícias