Categorias: Brasil

Porta dos Fundos: suspeito de ataque tem 12 passagens na polícia

O empresário Eduardo Fauzi, 41 anos, suspeito de ter participado do ataque à produtora Porta dos Fundos, tem 12 passagens registradas pela polícia, sendo uma com condenação; é frequentador de bailes de dança, como zouk (modalidade de dança caribenha); e chegou a ser denunciado por violência doméstica. As informações foram reveladas pelo Fantástico.

Identificado pela polícia do Rio de Janeiro, Fauzi viajou à Rússia, onde tem uma namorada, no último 29 de de dezembro. Atualmente, é considerado foragido da Justiça.

Conhecido pelos amigos como “rei do mambo”, o empresário aparece dançando em diversos vídeos postados em seu perfil nas redes sociais.  “Ele tem um grupo específico. Vai geralmente para as festas com esse grupo, socializa com esse grupo e vai embora com esse grupo”, contou uma frequentadora de eventos de zouk à reportagem.

A dançarina, que preferiu não se identificar, disse que Fauzi tem comportamentos homofóbicos nas festas e, por isso, tem resistência dos frequentadores. “Já tiveram algumas afirmações do tipo: ‘Ah, o zouk está virando um gueto gay, eu nunca vou me esfregar em outro homem’ – esse tipo de afirmação que ele fazia nas redes sociais”, lembrou.

O delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro, que investiga o caso, disse que o empresário tem um perfil “agressivo e violento”. Entre as 12 passagens, Fauzi é investigado por ameaça, lesão corporal e formação de quadrilha.

Há, ainda, duas acusações de agressão e ameaças à ex-mulher dele, com quem teve dois filhos. O Fantástico teve acesso aos documentos das denúncias. A primeira, feita em 2009, revela que a ex foi empurrada por Fauzi e pediu por socorro. No boletim de ocorrência, há, ainda, a acusação de ameaça, depois que a ex-companheira foi à Justiça cobrar o pagamento de pensão alimentícia.

“Posso te prejudicar de várias maneiras” e “Você anda muito sozinha na rua. Cuidado com o que pode acontecer com você” foram algumas das frases descritas no boletim ditas por Fauzi.

Filiado do PSL, ex-partido do presidente da República, Jair Bolsonaro, o empresário será alvo de um pedido de extradição, que será feito pelo Ministério da Justiça e pelo Itamaraty. A determinação aguarda a aprovação do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ).

Porta dos Fundos tem sido alvo de críticas desde a estreia do filme Especial de Natal Porta dos Fundos 2019: a primeira tentação de Cristo, que retrata Jesus Cristo como homossexual. A sede da produtora foi atacada com coquetéis molotov no último 24 de dezembro.

Gabriela Vinhal

Formada em jornalismo pela Universidade Católica de Brasília (UCB) em 2013. Trabalhou no Jornal de Brasília e no Correio Braziliense, onde publicou reportagens sobre direitos humanos, nas editorias de Esporte, Política e Brasil para o impresso. Cobriu as eleições de 2018 e a posse presidencial. Repórter do Metrópoles desde maio de 2019.

Últimas notícias

Galo da Madrugada leva para SP versão do bloco pernambucano

Em vez dos 2 milhões de foliões das ruas do Recife, edição paulistana do cortejo terá até 200 mil pessoas.…

3 minutos passados

Terceiro dia de Carnaval tem três mil abordagens e 43 ocorrências

Houve sete furtos de celulares, quatro furtos à pedestres e outras ocorrências diversas

6 minutos passados

Vídeo. Avião de pequeno porte cai no mar em praia do Guarujá

Piloto sobreviveu e afirmou que queda foi causada por uma falha no motor. O modelo da aeronave é normalmente utilizado…

8 minutos passados

Entenda a mudança no cabelo de Fátima Bernardes para o Carnaval

Apresentadora apareceu "ruiva" e de franja graças a um aplique

10 minutos passados

Cid Gomes foi mesmo baleado? Por que não mostra a radiografia?

O episódio, assim, ficou pela metade. A retroescavadeira existe, e continuará existindo até virar ferro velho. Já as balas são…

14 minutos passados

Após assédio, Simony deixa programa ao vivo: “Me senti um nada”

A cantora sentiu que não tinha espaço na atração, dias após ser assediada por Dudu Camargo

15 minutos passados