Veja fotos da mansão de R$ 5,97 milhões comprada por Flávio Bolsonaro

Situado no Lago Sul, região nobre de Brasília, imóvel luxuoso tem academia, espaço gourmet, suítes e quartos para funcionários

A mansão de luxo, avaliada em R$ 5,97 milhões, adquirida pelo senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem um “belo paisagismo irrigado automaticamente” e “segurança armada 24h na guarita”, segundo o anúncio do imóvel.

Além de luxuosa na parte externa, a casa também oferece bastante conforto na área interna: academia, espaço gourmet, suítes, varandas e quartos para funcionários.

Veja fotos da mansão:

1/14
Condomínio Ouro Branco, onde está localizada a mansão que será a nova casa do senador Flávio Bolsonaro, avaliada em quase R$ 6 milhões
Condomínio Ouro Branco, onde está localizada a mansão que será a nova casa do senador Flávio Bolsonaro, avaliada em quase R$ 6 milhões
Condomínio Ouro Branco, onde está localizada a mansão que será a nova casa do senador Flávio Bolsonaro, avaliada em quase R$ 6 milhões
Condomínio Ouro Branco, onde está localizada a mansão que será a nova casa do senador Flávio Bolsonaro, avaliada em quase R$ 6 milhões
Imagens da vista da SMDB 32
Imagens da vista da SMDB 32
Área externa da casa
A mansão conta com uma paisagem luxuosa
Cozinha da nova casa de Flávio Bolsonaro
A casa tem um espaço gourmet
No piso inferior, salas de estar e de jantar com pé direito duplo, escritório, lavabo, home-theater, cozinha, espaço gourmet com ampla varanda, despensa, lavanderias coberta e descoberta, duas dependências completas para empregadas e quarto de motorista
A mansão também possui suítes espalhadas pelo andar superior
O banheiro da suíte master
O imóvel também tem academia particular

 

A compra do imóvel, que fica no Lago Sul, área nobre de Brasília, tornou-se alvo de polêmica. Isso porque o parlamentar recebe R$ 24,9 mil líquidos como senador da República.

Além disso, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em 2018, Flávio declarou ter o total de R$ 1,7 milhão em bens. Ou seja, cerca de R$ 4 milhões a menos do que foi gasto na aquisição da mansão. Ao se justificar, o senador disse que a casa foi comprada com “recursos próprios”.

A mansão que será o novo lar de Flávio Bolsonaro tem 1,1 mil m² de área construída, num terreno de 2,5 mil m². A imobiliária, que tinha exclusividade na venda, gravou até um vídeo feito com drone e informou no site os detalhes da propriedade.

Dois pavimentos, com “preparação para elevador”, piso em “mármore carrara” nos banheiros e “crema marfil” nas salas e suítes, além de “esquadrias em alumínio anodizado com persianas automatizadas”.

Veja vídeos:

Pagamento

Parte do total pago na mansão foi financiado no Banco de Brasília (BRB). Na matrícula, obtida pelo O Antagonista, consta o parcelamento de R$ 3,1 milhões via BRB, em 360 meses. A mansão pertencia à RVA Construções e Incorporações, do advogado e empresário Juscelino Sarkis.

Veja trecho do documento com o registro da compra: