Tesoureiro desvia R$ 8 milhões de prefeitura para investir na Bolsa

Montante equivale a quase metade do orçamento da prefeitura de Dom Pedro de Alcântara para 2021

atualizado 02/05/2021 23:58

Reprodução/ Fantástico

O tesoureiro da cidade de Dom Pedro de Alcântara (RS), Simão Justo dos Santos (imagem em destaque), é acusado de desviar R$ 8 milhões da prefeitura municipal para investir na Bolsa de Valores.

De acordo com reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, o homem teria usado o dinheiro público para tentar recuperar as perdas pessoais no mercado de ações, mas perdeu o dinheiro.

Os desvios teriam começado em março de 2020. Procurado, Simão se limitou a dizer que “meu advogado já está sabendo”. A defesa dele afirmou que não irá se manifestar, porque o processo está em sigilo.

O montante equivale a quase metade do orçamento da Prefeitura de Dom Pedro de Alcântara para 2021. A cidade previa gastar R$ 18 milhões ao longo de todo este ano.

Com isso, a prefeitura explica que a merenda de alunos da escola poderá faltar. Além disso, está faltando medicamentos para a farmácia da cidade. “Tem muitos pacientes que vão sair daqui sem o tratamento”, conta um farmacêutico.

Últimas notícias