Senado convida representante da Saúde para discutir vacinação de jovens

Comissão Temporária da Covid-19 aprovou requerimento para uma audiência pública com autoridades sanitárias com o objetivo de discutir tema

atualizado 20/09/2021 13:13

VacinaRafaela Felicciano/Metrópoles

A Comissão Temporária Covid-19 (CTCovid) do Senado Federal aprovou, nesta segunda-feira (20/9), a realização de uma audiência pública com autoridades sanitárias para discutir a interrupção ou continuidade da campanha de vacinação contra a Covid-19 em adolescentes.

O requerimento prevê que sejam convidados a participar da oitiva um representante do Ministério da Saúde, das Secretarias de Saúde estaduais e das pastas municipais.

A audiência decorre da recente determinação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para suspender a imunização do público jovem, em razão da morte de um adolescente de 16 anos oito dias após se imunizar contra o novo coronavírus.

O óbito não tem relação com a imunização da vítima, conforme comprovado por investigações conduzidas pela pasta e pela Secretária de Saúde de São Paulo, onde foi registrada a morte.

As investigações conduzidas pelas autoridades sanitárias atestam que o garoto teve púrpura trombocitopênica trombótica (PTT), e o óbito, até o momento, não pode ser relacionado à vacina.

A púrpura trombocitopênica trombótica é um distúrbio que envolve a formação de pequenos coágulos de sangue por todo o corpo que bloqueiam o fluxo de sangue para órgãos vitais, como o cérebro, o coração e os rins.

Últimas notícias