Senado aprova projeto de resolução que cria Liderança de Oposição

Relator da proposta foi o senado Cid Gomes, que deu parecer favorável ao texto dos senadores Weverton e Randolfe Rodrigues

atualizado 10/02/2021 21:49

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Em sessão semipresencial, o Senado Federal aprovou, nesta quarta-feira (10/2), um projeto de resolução que altera o regimento interno da Casa para que seja possível a formação de uma Liderança de Oposição. O texto é de autoria dos senadores Weverton (PDT-MA) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Com a aprovação, a matéria vai à promulgação.

Antes da criação da liderança, parlamentares de oposição ao governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) formavam o grupo da Minoria, que tem como líder o senador Jean Paul Prates (PT-RN).

O relator da proposta foi o senado Cid Gomes (PDT-CE), que deu parecer favorável e rejeitou emenda proposta pela senador Rose de Freitas (MDB-ES). A parlamentar defendia que a resolução incluísse a criação de uma Liderança da Mulher.

Na avaliação da senador, a medida viabilizaria a ampliação dos espaços de participação das mulheres no Parlamento.

“Com essa emenda, a Liderança da Mulher passará a ter direito a voz e a voto no Colégio de Líderes, o que significará enorme avanço na qualidade da participação feminina no Parlamento”, defendeu na justificativa da emenda.

A criação da Liderança de Oposição permitirá maior articulação política dos senadores contrários ao governo, uma vez que assegurariam participação no Colégio de Líderes da Casa, responsável por discutir e definir as pautas que serão apreciadas em plenário.

Últimas notícias