Senado abre licitação para comprar flores, gaze e até barbeadores

Nesta terça-feira, começa a contratação de empresa para a prestação de serviços de agenciamento de viagem. Até dezembro serão oito processos

atualizado 26/11/2019 10:14

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Nos próximos dias, o Senado inicia uma série de licitações para compra de aparelhos de ar-condicionado, arranjos de flores, coletes à prova de bala, agenciamento de viagens, compra de sistema de áudio, de produtos médico-hospitalares e serviços de manutenção preventiva.

A abertura dos pregões ocorrerá entre esta terça-feira (26/11/2019) e segue até 10 de dezembro. Seções como as secretarias de Tecnologia da Informação (Prodasen), de Polícia, o Serviço Médico de Emergência (Semede), a Rádio do Senado, entre outras serão beneficiadas com as aquisições. A Casa não informa quanto pretende gastar com essas compras.

Nesta terça-feira (26/11/2019), começa o processo para a contratação de uma empresa para a prestação de serviços de agenciamento de viagens. A vencedora da licitação terá que fazer a cotação de preços, reservas, marcação de assento em voos internacionais, remarcação, emissão, cancelamento, reembolso de bilhetes de passagens aéreas nacionais e internacionais.

Além disso, os custos com seguro-viagem — para deslocamentos nacionais e internacionais — para servidores e senadores pelo prazo de 12 meses consecutivos.

Na próxima quinta-feira (28/11/2019), o Senado inicia a contratação de empresa para o fornecimento de 15 aparelhos de ar-condicionado central. Os equipamentos do tipo “fancoil” substituirão os usados no anexo 2 do Senado. Novamente, a Casa não informa valores.

O item é alvo de uma outra licitação, programada para 5 de dezembro. Uma empresa para o fornecimento e instalação de nove equipamentos de ar-condicionado do tipo “self-contained” para o datacenter  da sala-cofre do Prodasen. A compra inclui o sistema de operação, controle e monitoramento, manutenção preventiva, corretiva e preditiva durante quatro anos.

Flores e coletes
O Senado ainda comprará flores e coletes à prova de balas. Os arranjos naturais (de tipos variados) serão usados para a ornamentação e ambientação das instalações do Congresso Nacional, durante um ano. O pregão está previsto para ser publicado em 5 de dezembro.

O equipamento de segurança deve ser usado pela Secretaria de Polícia do Senado. O edital prevê a aquisição de cinco coletes tamanhos PP, P, M, G e GG, sendo três pretos e dois brancos. O pregão eletrônico está marcado para 10 de dezembro.

Na mesma data, serão comprados produtos médico-hospitalares para uso no Serviço Médico de Emergência. Entre os produtos que serão adquiridos, estão itens como agulhas, seringas, cateteres, gazes, esparadrapo, luvas, termômetro e, curiosamente, barbeadores. O Senado foi procurado para esclarecer essa compra, mas não se manifestou.

Manutenção predial
Também esta na lista de licitações do Senado a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de manutenção preventiva, preditiva e corretiva no grupo de geradores elétricos durante 30 meses.

A Rádio Senado será contemplada com o fornecimento de distribuidores de áudio, monitores de áudio e mixers de áudio. O preço estimado, por exemplo, dos 12 distribuidores chega a R$ 47,8 mil. Os cinco monitores de áudio custarão R$ 34,8 mil.

Versão oficial
Segundo o Senado, por se tratar de pregão eletrônico, “a contratação de fato tende a ser efetivada por um valor menor do que o estimado, justamente pela ocorrência de disputa entre as empresas licitantes”, destacou. O órgão não informou o valor total das compras.

Os editais a serem publicados preveem como regras a abertura de licitação na modalidade pregão eletrônico e terão como critério o menor preço por item ou global, a depender do produto.

Últimas notícias