Saiba quem é Paulo Marinho, ex-aliado que dispara contra o clã Bolsonaro

Empresário chegou a participar da campanha eleitoral do presidente em 2018. Agora, ele fez revelações contra Flávio

Ex-aliado da família Bolsonaro, o empresário Paulo Marinho, de 68 anos, fez revelações contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), do qual é suplente. Ele chegou a participar da campanha eleitoral de Jair Bolsonaro (sem partido), em 2018.

Rico e amigo de famosos, Paulo Marinho ganhou ainda mais visibilidade quando a mansão no bairro do Jardim Botânico, no Rio, foi transformada em QG da campanha de Bolsonaro.

Até mesmo um estúdio para gravações de vídeos publicitários foi montado na casa. A residência foi o local escolhido para a primeira reunião da equipe de governo de Bolsonaro após a confirmação da vitória nas urnas.

Revelações

Marinho afirmou em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, nesse domingo (17/05), que Flávio revelou a ele, em 2018, ter recebido informações privilegiadas da Polícia Federal (PF) sobre Fabrício Queiroz, um dos mais importantes assessores do então deputado estadual no Rio.

Segundo a declaração, Flávio foi avisado com antecedência de que Queiroz, um de seus braços direitos no gabinete da Assembleia Legislativa, era alvo de uma investigação.

Assim que a operação da PF foi realizada, Queiroz passou a ser apontado como operador de um esquema milionário de “rachadinhas”, em que parte dos salários de funcionários públicos ligados a Flávio eram desviados para o deputado.

Com as informações passadas de antemão pela PF, Flávio teria tido a oportunidade de demitir Queiroz antes do escândalo vir à tona e, assim, teria conseguido se afastar do desgaste, amplamente divulgado na imprensa.

1/16
O presidente Jair Bolsonaro
Bolsonaro quando sofreu atentado, em 2018
Presidente e primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, no dia da posse
Presidente e primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro, no dia da posse
Presidente falará sobre biodiversidade
Pesquisa ouviu mais de duas mil pessoas
É esperado que ele fale sobre a preservação da Amazônia
Segundo Bolsonaro, os benefícios não podem existir para sempre
O Brasil tem sido alvo de críticas por causa da preservação do meio ambiente
O chefe do Executivo apontou que a ajuda emergencial pesa muito nas contas da União
Reprodução/Redes sociais
Rafaela Felicciano/Metrópoles
Rafaela Felicciano/Metrópoles
Igo Estrela/Metrópoles
O presidente Jair Bolsonaro dá entrevista
Bolsonaro criou coordenação para pets
1/8
A denúncia possui cerca de 300 páginas
Witzel foi citado em delação por ter indicado o município de Duque de Caxias para receber os repasses do Fundo Estadual de Saúde
A ação seria julgada pela 5ª Turma da Corte na tarde desta terça (15/9). Ainda não há data para o caso ser retomado
Flávio Bolsonaro é investigado por suspeita de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)
Silvio Santos e filhos de Bolsonaro
Flávio Bolsonaro é investigado por suspeita de peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro em seu gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj)
Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz
O pedido chegou em abril deste ano e já foi negado em duas decisões individuais – uma em abril e outra em maio – do ministro Felix Fischer, relator da ação