PT perde ação por dano moral contra Luciano Hang, dono da Havan

O partido pedia R$ 10 mil de indenização devido a divulgação de um vídeo divulgado pelo empresário em suas redes sociais

atualizado 02/09/2021 20:32

Fotografia colorida. Luciano Hang é fotografado no Palácio do Planalto em coletivaIgo Estrela/Metrópoles

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) confirmou, na última quarta (1º/9), decisão de primeira instância dando vitória ao empresário Luciano Hang, dono da Havan, em uma ação de danos morais movida pelo PT.

Na ação, o partido pedia uma indenização no valor de R$ 10 mil devido a um vídeo no qual o empresário criticava o partido. A divulgação das imagens ocorreu durante o segundo turno das eleições de 2020 e fazia referência às eleições de Vitória e Cariacica, no Espírito Santo.

“Fico preocupado quando vejo a possibilidade de Vitória e Cariacica terem um governo petista. Porque eles odeiam empresários, odeiam o emprego e não querem o desenvolvimento, querem a miséria”, declarou o dono da Havan.

O Tribunal considerou que as manifestações de Hang fazem parte do livre exercício da liberdade de pensamento, expressão e manifestação.

De acordo com advogados de Hang, a Corte argumentou que as críticas do empresário foram “equivocadamente tomadas como ofensas pelo PT”.

0

 

Mais lidas
Últimas notícias