PSL é criticado após louvar mulheres com referência a tarefas domésticas

Partido usou arte de uma mulher desempenhando tarefas domésticas para ilustrar o trabalho das parlamentares da sigla no Congresso

atualizado 13/01/2021 19:36

Reprodução de postInstagram/Reprodução

O Partido Social Liberal (PSL) tem sido alvo de críticas após uma publicação feita no perfil da sigla em sua conta oficial do Instagram. Ao falar do desempenho de suas parlamentares no Congresso Nacional, o partido usou a arte de uma mulher desempenhando tarefas domésticas.

A publicação “Mulheres imprimem solidariedade nos mandatos pelo PSL” associada à imagem não repercutiu positivamente entre os internautas.

Pelas redes sociais, o PSL foi duramente criticado pela homenagem, e, após a repercussão negativa, optou por excluir a postagem. Os internautas classificaram a publicação do partido como machista.

Em resposta ao PSL, a Secretaria Nacional de Mulheres do Partido dos Trabalhadores afirmou que a manifestação da sigla “reforça o estereótipo de que mulher só é útil para o trabalho doméstico”. “Mulher na política não pode né, PSL?”, completa.

Outro lado

Ao Metrópoles, a comunicação do Partido Social Liberal reconheceu que a imagem publicada nas redes sociais “dá espaço para dupla interpretação” e informou que o conteúdo foi retirado das redes sociais.

Segundo o partido, a arte em questão tem relação com uma matéria publicada pela assessoria de imprensa do PSL. A reportagem em questão, intitulada “Mulheres imprimem solidariedade nos mandatos pelo PSL“, fala sobre nove donas de casa eleitas vereadores pelo partido nas Eleições Municipais de 2020.

“A comunicação do PSL informa que em momento nenhum procurou passar uma imagem depreciativa da mulher ou tentou diminuir o papel da mulher na sociedade. Pelo contrário, a matéria atrelada à imagem reforça a importância do papel da mulher na política e a valorização da presença feminina na política como uma maneira de proporcionar um olhar mais humano no trato das políticas públicas”, defendeu o partido.

Últimas notícias