Primeiro suplente do senador Jorge Kajuru morre na Colômbia

Advogado Benjamin Beze Junior foi encontrado morto em um quarto de hotel em Cartagena, onde passava férias

O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) anunciou, nesta quarta-feira (26/02/2020), o falecimento do seu primeiro suplente, o advogado Benjamin Beze Junior, conhecido como Bezinho. “Ele era meu segundo irmão e não primeiro suplente. Pra mim, ele não morreu”, escreveu.

Junto do aviso, Kajuru compartilhou um vídeo junto a Benjamin, feito enquanto ainda era pré-candidato ao Senado. Segundo o parlamentar, sua campanha em 2018 teria sido financiada por ele– na época, o advogado declarou à Justiça Eleitoral patrimônio de R$ 19,1 milhões.

Ele, que tinha 68 anos, foi secretário de Indústria e Comércio do governo de Goiás, durante o mandato de Iris Rezende (MDB), atual prefeito de Goiânia.

Ao Metrópoles, o senador afirmou que a causa da morte ainda é desconhecida. Benjamin foi encontrado morto no quarto de um hotel em Cartagena, na Colômbia, onde passava férias, nesta quarta-feira. Ele estava acompanhado do presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), Marcos Silva, e do apresentador Vicente Datena.

Os amigos estranharam não conseguirem falar com ele pela manhã e o encontraram já morto, depois de conseguir abrir a porta do quarto. Benjamin deixa a esposa e uma filha.