“Pergunta pra eles”, diz Bolsonaro sobre continuar no PSL

Presidente embarca na noite deste sábado rumo à Ásia e ao Oriente Médio, em meio à crise que consome o partido. Viagem deve durar 10 dias

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi questionado por jornalistas na noite deste sábado (19/10/2019) se ainda será um integrante do PSL, partido pelo qual chegou ao comando do Palácio do Planalto, quando retornar do giro de 10 dias que fará pelo Japão, China e Oriente Médio.

“Pergunta pra eles”, respondeu Bolsonaro, se referindo aos parlamentares da sigla.

A declaração foi feita na saída do Palácio da Alvorada. Antes de ir em direção à base aérea da Força Aérea Brasileira (FAB), Bolsonaro desceu do carro e cumprimentou populares. Questionado sobre a expectativa para a viagem na Ásia e Oriente Médio, o presidente disse que “é a melhor possível”.

“Nós estamos reconquistando a confiança no mundo todo. Isso que é importante”, disse.

Viagem
O presidente embarca às 22h deste sábado para Lisboa (Portugal). Depois, viaja para Nursultan (Cazaquistão), com chegada prevista para segunda-feira (21/10/2019). De lá, parte para Tóquio (Japão), onde deve desembarcar na terça-feira (22/10/209), e de lá à China e a países do Oriente Médio. O objetivo da viagem é atrair investimentos para o Brasil.