Lira vai a reunião com Pacheco para evitar “base contra base”

Presidente da Câmara disse que o encontro com líder do Senado servirá para unir governistas e evitar oposição ao governo Bolsonaro

Um dia após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), anunciar a devolução de uma medida provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ele se encontra com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A reunião é no Senado e terá a participação de líderes governistas e de oposição das duas Casas.

De acordo com Lira, o encontro tem o objetivo de tratar de pautas de interesses da Câmara que estão no Senado e vice-versa. E, principalmente, evitar divisões na base governista no Congresso Nacional.

Ao chegar à Câmara nesta quarta-feira (15/9), Lira apontou que não é hora de “oposição ao governo Bolsonaro” e de conflito de “base contra base”.

“Neste momento, no Brasil, a gente não merece ter oposição contra o governo e muito mais, base contra base”, disse Lira, pouco antes do início da reunião.

E prometeu convergência. “É bom que os líderes todos conversem e que possamos, ao final, ter um entendimento”, disse o presidente da Câmara.

“A reunião no Senado é importante porque estarão os dois presidentes, todos os líderes da Câmara e do Senado para tratar das pautas que estão na Câmara e que estão no Senado para que possa haver o entendimento nas votações e nas discussões das matérias”, disse Lira.

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, tuitou sobre o assunto:

Volta das coligações

Entre pautas do interesse da base da Câmara citadas pelo presidente e que estão sob análise do Senado estão a volta das coligações, a questão do parcelamento dos precatórios, a regularização fundiária, entre outras.

Muitas das pautas sofrem resistência para serem aprovadas. No caso das coligações, por exemplo, a proposta conta com parecer pela rejeição, apresentado nesta quarta-feira (15/9) pela senadora Simone Tebet (MDB-MS), relatora da PEC na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

1/5
Ricardo Barros tuíta sobre reunião conjunta de líderes
Pacheco e o presidente da República, Jair Bolsonaro
Reunião do presidente Jair Bolsonaro com membros de outros Poderes para tratar da pandemia
Presidente da Câmara, Arthur Lira, e presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, participam de assinatura dos termos de compromisso entre as duas casas
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Precatórios

Lira também defendeu nesta quarta uma mudança no pagamento dos precatórios, e disse que uma solução para o tema será dada pelo Congresso Nacional.

“Os precatórios, como estão no Orçamento, inviabilizam investimentos, despesas discricionárias, inviabilizam o funcionamento da máquina pública”, disse. “Já está precificado que a solução para os precatórios será pelo Legislativo”

Segundo o presidente da Câmara, a PEC que trata desse assunto não tramitará em regime de urgência, ou seja, terá que passar por comissões de mérito antes de seguir para o Plenário.

Na terça (14/9), o parecer pela admissibilidade da proposta foi apresentado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, mas recebeu pedido de vistas e ainda não foi votado.