Forças Armadas: Bolsonaro troca chefe do Estado Maior e outros 32

Diário Oficial da União traz nesta quinta-feira uma reestruturação em comandos regionais, sobretudo do Exército

atualizado 26/03/2020 16:33

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) oficializou nesta quinta-feira (26/03) trocas de comando de 33 cargos de chefia nas Forças Armadas, sobretudo no Exército. De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), são promoções normais.

A principal mudança é, na verdade, a ocupação de um cargo vago, o de chefe do Estado Maior, para o qual foi nomeado o general Marcos Antonio Amaro dos Santos, que era chefe do Comando Militar do Sudeste. O ocupante anterior do posto era o general Braga Netto, que assumiu a Casa Civil da Presidência em fevereiro deste ano.

No Comando do Sudeste, entra o general Eduardo Fernandes.

Segundo o GSI, as promoções no oficialato ocorrem três vezes por ano, em março, julho e novembro, e sempre movimentam um grande número de nomes. A dança das cadeiras pode ser conferida no Diário Oficial da União (DOU).

Últimas notícias