CPMI das Fake News: para Bolsonaro, quem vai depor é “idiota”

Presidente negou temer efeitos da comissão de inquérito. Ex-líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann presta depoimento nesta tarde

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou indiretamente a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) de idiota ao comentar sobre a CPMI das Fake News, na tarde desta quarta-feira (4/12/2019). A parlamentar, que é ex-líder do governo no Congresso, presta depoimento na sessão desta tarde.

Ela denunciou a existência um esquema virtual de ataques e distribuição de boatos, que seria coordenado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), com braços até dentro do Palácio do Planalto.

Bolsonaro estava na Feira dos Importados, em Brasília, quando foi questionado sobre os efeitos da comissão e negou que tenha algo a temer.

“Chance zero. O gabinete do ódio inventaram e alguns idiotas acreditaram. Outros idiotas vão até prestar depoimento, como tem um idiota [Joice] prestando depoimento a uma hora dessa lá”, declarou Bolsonaro.

A relação entre Bolsonaro e Joice foi rompida no auge da crise do presidente com o PSL, partido ao qual era filiado. A deputada foi destituída do cargo de líder do governo no Congresso no mês de outubro.