Conselho de Ética da Câmara discute parecer sobre Eduardo Bolsonaro

Quatro partidos acusam Eduardo Bolsonaro de quebra de decoro parlamentar e de atentado contra a democracia

atualizado 05/04/2021 10:27

Deputado federal Eduardo BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados se reúne nesta segunda-feira (5/4), às 11h, para discutir o parecer preliminar do deputado Igor Timo (PODE-MG) sobre as representações 10/19 e 11/19, contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

As representações, uma da Rede e a outra assinada por Psol, PT e PCdoB, foram reunidas no mesmo processo. Os quatro partidos acusam Eduardo Bolsonaro de quebra de decoro parlamentar e de atentado contra a democracia por sugerir, durante uma entrevista, a adoção de um novo AI-5, instrumento que, em 1968, endureceu a ditadura militar permitindo o fechamento do Congresso Nacional, entre outras medidas. Após a repercussão da entrevista, o deputado se desculpou e disse que foi mal interpretado.

Leia mais em Blog do Esmael, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias