Com suspeita de Covid-19, ex-juiz Nicolau dos Santos Neto morre aos 91 anos

O ex-juiz ganhou o noticiário nacional após o escândalo de superfaturamento na construção da sede do Fórum Trabalhista de São Paulo, em 1998

atualizado 31/05/2020 22:22

O ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, conhecido como “Lalau”, morreu neste domingo aos 91 anos de idade. A suspeita é de que ele tenha morrido com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Nicolau estava internado no Hospital São Luiz Morumbi, em São Paulo, com quadro de pneumonia.

O ex-juiz ganhou o noticiário nacional após o escândalo de superfaturamento na construção da sede do Fórum Trabalhista de São Paulo, em 1998.

De acordo com as investigações, houve um desvio de R$ 169 milhões na obra. Segundo o Ministério Público Federal, o montante superou R$ 1 bilhão em valores atualizados.

Nicolau dos Santos Neto foi o principal acusado no escândalo. Na época, ele presidia o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2). O escândalo foi alvo de uma CPI na época.

Em 2006, o ex-juiz foi condenado a 26 anos e seis meses de prisão e em 2015, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) cassou a aposentadoria do magistrado.

Últimas notícias