Bolsonaro sobre tortura: “Cascata pra ganhar indenização”

Presidente conversou com apoiador, que é militar reformado, na saída do Palácio da Alvorada, neste sábado (29/02/2020)

Rafaela Felicciano/Metrópoles

atualizado 29/02/2020 13:42

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), disse, ao comentar episódios da ditadura militar com um apoiador, neste sábado (29/02/2020), que tortura “é cascata pra ganhar indenização”, em referência ao regime que perdurou entre 1964 e 1985.

O apoiador, que é militar reformado, comentou com Bolsonaro ter participado da caça a Carlos Lamarca, guerrilheiro contrário ao governo militar.

“Tudo herói lutando por democracia”, ironizou o presidente, na saída do Palácio da Alvorada, sobre os movimentos – inclusive armados – que lutaram para o restabelecimento de um governo democrático no país.

O vídeo com a declaração foi publicado nas redes sociais do presidente neste sábado. Assista:

Últimas notícias